Exercícios e Treinos

05/08/2014 09:00 - Atualizado em 20/09/2016 09:59

Gyrotonic trabalha o corpo em mix de yoga, balé e tai chi chuan

Conheça o método Gyrotonic e os benefícios que ele pode trazer para o corpo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O Gyrotonic é um aparelho que possibilita fazer diversos exercícios. Criado pelo bailarino Juliu Horvath, ele mistura movimentos inspirados no balé, yoga e tai chi chuan. O seu sistema trabalha a força corporal, fortalecendo os músculos e promovendo o alongamento, o que aumenta a flexibilidade e a amplitude dos movimentos e ainda melhora a postura.

gyrotonic
Gyrotonic oferece mais de 150 opções de exercícios para o corpo e a mente. Foto: Divulgação/Gyrotonic

Utilização do Gyrotonic

O aparelho pode ser utilizado de várias formas, proporcionando uma grande variedade de exercícios. Os principais movimentos que podem ser feitos são os circulares, espiralados e ondulados, ajudando a aumentar a capacidade funcional da coluna e melhorando o equilíbrio.

O uso do Gyrotonic não tem contraindicações e é recomendado para todas as pessoas, sejam idosos, crianças ou gestantes. Como seus exercícios são de impacto leve, ele pode ser usado para melhorar o condicionamento físico ou, ainda, no auxílio de tratamentos contra lesões. É indicado por fisioterapeutas e outros profissionais da área.

Treino personalizado com o Gyrotonic

O importante é definir o treino com especificações para cada caso, levando em consideração os objetivos e as limitações físicas de cada pessoa. Os atletas, por exemplo, fazem exercícios para adquirir força, flexibilidade e eficiência. 

Já as pessoas de mais idade fazem movimentos leves, focados para aliviar dores nas articulações e melhorar a capacidade dos movimentos. E não esqueça: as sessões de exercícios devem ser sempre acompanhadas por um profissional qualificado.

Esse aparelho pode ser considerado como um novo conceito de movimento e expressão corporal. Ele tem como diferencial a influência de diversas modalidades e traz uma série de benefícios. Os movimentos naturais dos seus exercícios se assemelham com uma dança, tornando a atividade prazerosa e proporcionando resultados sem muito esforço.

A periodicidade das sessões pode variar entre duas e três vezes por semana e, em pouco tempo, você já percebe os resultados. É uma maneira diferente e mais fácil de praticar atividade física regularmente. Se você não gosta de academia e de ficar levantando peso, essa pode ser uma ótima opção.

Diferenças para o pilates

O Gyrotonic tem um equipamento parecido com o que é usado no pilates, mas as duas atividades são bem diferentes. A respiração e, principalmente, os movimentos se distanciam bastante. No Gyrotonic, os movimentos são desenvolvidos de forma dinâmica e natural, já no pilates, eles são mais estáticos e precisos.

O aparelho - feito de madeira com tiras de couro, cordas, roldanas e manivelas - traz mais de 150 possibilidades de exercícios, que garantem melhoras para o corpo e para a mente. O bem-estar, a concentração e a redução do estresse são outros benefícios que o sistema pode oferecer.

O Gyrotonic é mais uma forma de adquirir hábitos saudáveis e que melhoram a qualidade de vida, lembrando a importância de que os exercícios sejam trabalhados para cada caso de forma específica. O método pode ser aplicado apenas por profissionais qualificados, que podem ser fisioterapeutas, bailarinos e professores de educação física.

Leia também:

Treino de kettlebell ajuda a reduzir gordura corporal

As dicas de Gabriela Pugliesi para o abdômen

Crossfit: Treino intenso sem supervisão pode gerar lesões

Power plate, a plataforma vibratória que promete emagrecimento

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ