Exercícios e Treinos

18/03/2015 02:29 - Atualizado em 14/11/2016 01:31

É possível ser um atleta vegano: Saiba como

Alimentando-se corretamente, o atleta vegano pode ter performance esportiva de alto rendimento.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Nem todos os atletas precisam de carne para desenvolver os músculos e ter resistência física. O atleta vegano é tão disposto e forte quanto o carnívoro, e sua dieta pode ser igualmente cheia de proteínas e calorias.

Os veganos são aqueles que excluem do cardápio o consumo de qualquer derivado animal, seja carne, leite, ovos ou mel. Dados do Instituto Ipsos estimam que 4% da população brasileira seja de vegetarianos e veganos. Nesse grupo, muitos sonham e podem ser atletas. Conheça a alimentação de um atleta vegano e saiba como eles alcançam o sucesso.

atleta vegano

Como é o cardápio do atleta vegano?

Em função das restrições alimentares da dieta vegana, quem deseja ser atleta precisa consumir boas doses de calorias para garantir maior energia e eficiência nos treinos. Além disso, frutas e legumes devem estar no cardápio de forma abundante. Os principais nutrientes estão nesses alimentos, que proporcionam maior força ao sistema imunológico.

Os grãos e os legumes também devem ser protagonistas na dieta do atleta vegano. Eles fornecem as proteínas e têm baixo teor de gorduras. Antes do treino, proporcionam a disposição necessária para ganhar massa muscular.

A quinoa é um grão melhor que a soja, pois possui sais minerais e aminoácidos. Composta por 23% de proteína, pode substituir o arroz na alimentação. A proteína de soja é outra opção e costuma ser utilizada em pó, como suplemento.

Devem ser evitados os alimentos processados, como biscoitos e salgadinhos. Em contrapartida, os cereais integrais e as nozes podem ser consumidos em abundância. A linhaça é outro grão muito benéfico, que pode ser misturado nas refeições.

Feito a partir de sementes de soja branca, o tempeh é um alimento muito nobre derivado da soja. Ele é composto por, aproximadamente, 19% de proteína. Essa dosagem é igual a diversos tipos de carne vermelha, sendo um excelente substituto para os veganos.

O treino do atleta vegano

Para conseguir uma boa performance física, o atleta vegano precisa se preocupar principalmente com a alimentação. A suplementação de ferro pode ser necessária, pois ele é o responsável por desenvolver as células vermelhas no sangue. Brócolis e espinafre são fundamentais, também, pois são ricos em cálcio, que fortalece os ossos e dá resistência.

Na academia, o atleta vegano precisa focar na intensidade dos treinos. Em vez de repetições longas, ele deve reduzir o tempo e trabalhar o músculo com força. Assim, previne a perda de massa muscular, comum em sessões mais extensas.

Quando o tempo de treino é maior, o corpo aumenta a necessidade de proteína, o que é mais difícil de conseguir numa dieta sem carne. Porém, os veganos podem ganhar massa corporal e, inclusive, ser fisiculturistas.

Recentemente, dois atletas veganos participaram de um mesmo concurso de fisiculturismo, em São Paulo. Felipe Garcia do Carmo, de 29 anos, foi escolhido campeão de sua categoria. Já Paulo Victor Pinheiro Guimarães ficou em 4º lugar, na mesma modalidade.

Os atletas, pioneiros no fisiculturismo brasileiro, mostraram que os veganos podem ter performance esportiva de alto rendimento.

Gostou das dicas de atividade física? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
veganismo
esporte
proteína vegetal
condicionamento físico

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ