Exercícios e Treinos

10/07/2014 05:00 - Atualizado em 14/11/2016 11:57

Belly dance yoga é um dos segredos da boa forma da Fergie

Conhecida no brasil como dança do ventre, belly dance tem diversos benefícios à saúde.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Analisando qualquer imagem da cantora Fergie com a barriga à mostra, fica difícil acreditar que ela já tem 39 anos de idade. A vocalista do grupo americano Black Eyed Peas, conhecida como The Pop Dutchess (a Duquesa do Pop) chama a atenção principalmente pelo seu abdômen sequinho e definido. E um dos segredos dessa boa forma da diva é a belly dance yoga.

Truque de Fergie: belly dance yoga

Foto: Instagram

Reprodução, Instagram

O nome é estranho, mas bem objetivo: a belly dance yoga mistura movimentos da dança com a prática transcendental da yoga. E a Fergie usa essa modalidade para se manter em forma e aguentar as performances intensas de suas apresentações ao público.

Os benefícios da junção dessas atividades são inúmeros, mas vamos nos concentrar antes na belly dance. Ela nada mais é do que o termo em inglês para a dança do ventre. É uma das danças mais antigas do mundo, combinando elementos de países do Oriente Médio com o Norte da África – no antigo Egito. Nos países árabes, a dança é conhecida como raks sharki, que significa dança oriental. 

O termo “dança do ventre” foi utilizado pela primeira vez no século 19, quando os europeus viajavam a países exóticos – aos seus olhos – em busca de novas culturas. A nomenclatura foi dada em razão dos surpreendentes movimentos realizados pelo abdômen e pelas ancas das dançarinas – que não existiam nas tradicionais danças europeias.

Benefícios

Há diversos benefícios associados à dança do ventre. Conheça alguns deles:

- Definição do abdômen

- Alongamento sem grande risco de lesões

- Fortalecimento dos órgãos que se situam no abdômen

- Melhora da postura

- Incremento do sistema respiratório

- Perda de peso

- Melhora da autoestima

- Diversão.

Como aprender a belly dance

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

A melhor maneira de aprender a belly dance é com uma instrutora. A professora pode ser importante para orientar e dar dicas quanto aos movimentos, corrigindo alguma postura errada que você talvez nem perceba.

Mas você também pode comprar um vídeo com instruções. Assista pelo menos uma vez por semana, reservando pelo menos uma hora para praticar os exercícios propostos. Há também livros especificamente sobre a dança do ventre, que, além de dicas ilustradas, vão lhe dar uma ótima visão cultural sobre a dança, que também é um aspecto muito bacana. Procure também revistas sobre dança do ventre, que podem não ser tão completas quanto os livros, mas vão manter você sempre atualizada com novas dicas.

Por fim, outra ótima opção são os vídeos online. Busque no YouTube: há uma infinidade de gravações de apaixonados por dança do ventre dando conselhos e mostrando movimentos específicos. Procurando bem, você consegue achar instruções bem detalhadas, podendo resolver alguma dificuldade bem específica que você tem a não conseguiu sanar por meio dos livros, revistas e dvds.

Como se preparar para a belly dance

Se você optou por praticar a belly dance em casa, é fundamental uma boa preparação. Organize um ambiente sem distrações – desligue a televisão, afaste-se de animais de estimação e priorize momentos em que seus filhos estão ocupados com alguma atividade.

Antes de tudo, alongue e aqueça, para que tudo fique mais fácil. Você deve reservar no mínimo uma hora de prática, reservando esse tempo para treinar três ou quatro movimentos. Concentre-se neles – se for mais do que isso, pode ser desgastante ou então você não terá os resultados esperados.

5 dicas para iniciantes

1A concentração é fundamental para a execução adequada dos movimentos. Lembre-se: mente e corpo devem estar em harmonia durante a aula.

2 - Atenção para os pés. Esse "detalhe" é fundamental para o equilíbrio, para a postura e para os passos adequados da dança.

3 - Em casa, pratique na frente do espelho. Assim você percebe errinhos que vem cometendo, corrige a postura e aperfeiçoa a linguagem corporal.

4 - Mergulhe na música árabe. Conhecendo o ritmo a fundo, você acaba incorporando novos movimentos à dança.

5 - Durante a prática, relaxe os lábios e não force o maxilar, a fim de possibilitar uma respiração mais adequada, inspirando profundamente pelo nariz e expirando pela boca.

Gostou do texto ? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência! 

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ