Exercícios e Treinos

04/01/2016 06:00 - Atualizado em 02/12/2016 09:55

Aposte na flexão de quadril sem erros

A flexão de quadril ajuda a fortalecer os músculos responsáveis pela estabilização da coluna.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os músculos do quadril são responsáveis pela sustentação do corpo, estabilização da coluna e articulação do fêmur, da coxa e da bacia. Quando fragilizada, a musculatura dessa região pede estímulos que a fortalecem e eliminam alterações que podem provocar dores fortes. Por isso, é hora de incluir a flexão de quadril na sua rotina de treinos.

Indicada na maioria das vezes para quem deseja deixar o bumbum durinho, a flexão de quadril também traz bons resultados para pessoas que sentem dores relacionadas ao enfraquecimento da musculatura dessa região. Ela, inclusive, pode ajudar a aliviar os sintomas de inflamações nas articulações.

Aprenda a fazer a flexão de quadril

A flexão de quadril pode ser feita em qualquer lugar. Ela não requer uso de pesos, mas eles podem ser adicionados ao longo do tempo para potencializar os resultados.

Antes de incluí-la no seu treino, porém, lembre de consultar um educador físico, para que ele acompanhe os movimentos iniciais e possa orientar a correta realização do exercício. 

Flexão de quadril

Veja como fazer a seguir:

Coloque um colchonete no chão. Deite com a parte frontal do seu corpo para cima. Flexione os joelhos de uma forma confortável. Deixe seus braços esticados na lateral do corpo. Levante o quadril, contraindo o abdômen e o glúteo ao mesmo tempo. O corpo deve ficar alinhado, sem forçar a coluna.

Repita esse movimento por dez vezes. A flexão de quadril deve ser praticada de duas a três séries. Depois de um mês, eleve para 15 o número de repetições.

É importante lembrar de manter o abdômen contraído durante todo o movimento de flexão. O glúteo também deve ser mantido dessa forma. Assim, os dois são trabalhados e fortalecidos de maneira segura.

Caso você sinta algum tipo de dor, informe o instrutor da academia e peça para ele verificar se você está fazendo algo errado.

E não esqueça: antes de começar qualquer atividade física, é essencial consultar um médico para saber se você está apta a essa prática. Além disso, lesões e dores acarretadas pela execução errada do exercício são evitadas se você seguir as indicações de um educador físico, seja o personal trainer ou o professor da academia.

[[saiba_mais]]

Além da flexão de quadril

Se você já é é adepta da flexão e deseja melhorar o seu treino, dois outros exercícios clássicos da academia podem ajudar.

O leg press, adorado pelas musas fitness, auxilia no fortalecimento das pernas, core, bumbum e, é claro, do quadril. Para evitar lesões, é importante nunca flexionar os joelhos de forma que eles encostem no peito. Você deve manter as pernas em 90 graus, colocando o peso adequado e indicado por seu instrutor.

O agachamento, outro clássico, é responsável pelo corpo torneado e durinho de quase todas as musas da televisão. Ele, além disso, ajuda a desenvolver a musculatura do glúteo, envolvendo o quadril durante o movimento. É importante ficar de olho na execução. Jamais desça rapidamente. Você deve agachar de maneira suave e tranquila, evitando que os joelhos sejam sobrecarregados.

Pronto! Gostou das dicas? Se você as seguir devidamente e tiver a supervisão de um educador físico, os resultados são garantidos! Deixe um comentário!

TAGS
flexão
quadril
academia
bumbum

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ