Exercícios e Treinos

22/07/2014 04:30 - Atualizado em 03/12/2016 01:07

5 trilhas sonoras para acabar com a preguiça de malhar

Com a música, você se livra da preguiça de malhar e ainda tem melhor resultado no treino.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Ninguém discute os benefícios que a malhação traz para o organismo. Só que, muitas vezes, a preguiça de malhar fala mais alto. Para muita gente, passar uma hora levantando peso ou correndo na esteira é entediante. Mas a solução pode ser bem simples: a música.

Preguiça de malhar? Escute música

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Se a musculação não é uma unanimidade, a música pode muito bem concorrer a esse posto. Então unir as duas atividades talvez seja o que faltava para você levantar do sofá e partir para o supino. Que tal então criar a sua trilha sonora para acabar com a preguiça de malhar?

Rendimento maior

Especialistas dizem que ouvir música enquanto se malha pode melhorar o rendimento da pessoa em até 15%, isso porque o estímulo das batidas da música bloqueia mensagens que a musculatura e alguns órgãos vitais enviam para o cérebro – reduzindo a percepção do esforço que está sendo empregado.

Mas não é qualquer tipo de música que vai lhe ajudar nas atividades físicas. Se você colocar nos fones canções tristes, calmas e lentas, é possível que o efeito seja o inverso do pretendido. Use a criatividade e aproveite que há centenas de estilos musicais, alguns mais rápidos e animados e outros menos. Escolha o que mais lhe agrada, desde que tenhas as características motivacionais ideais, e aproveite.

O ideal é achar músicas que estejam de acordo com o ritmo do seu exercício. Ou seja, que o número de “batidas por minuto” (bpm) da canção esteja combinado com a velocidade dos seus movimentos. Em uma caminhada, por exemplo, o número de bpm ideal da trilha sonora é em torno de 120. Em uma corrida, de 130 a 140. Treinos de força, como a musculação, casam bem com músicas que têm entre 120 e 135 bpm.

5 trilhas sonoras para acabar com a preguiça de malhar

Veja algumas sugestões de músicas, artistas e grupos de diferentes estilos:

Eletrônica

Há vários estilos de música eletrônica, que se diferenciam, geralmente, pela velocidade do andamento da música. Os mais adequados são o house, que tem um ritmo médio de aproximadamente 130 bpm, e o trance, que gira em torno dos 135 bpm.
 
Se você não conhece muito de música eletrônica, mas quer experimentar, tente malhar ouvindo a música "C’mon (Catch em’ By Surprise)", do DJ Tiesto em parceria com Busta Rhymes. Uma opção das paradas de sucesso do mundo todo, em um mix de eletrônica com disco, é a "Get Lucky", da dupla francesa Daft Punk.

Rock

Se a sua praia é o rock, saiba que esse estilo também tem tudo a ver com exercício, por ser um gênero com bastante energia. Tente "Welcome to the jungle", da banda Guns N’ Roses ou Enter Sandman, do Metallica. Numa levada mais pop rock, uma ótima trilha sonora para acabar com a preguiça de malhar é "Save Tonight", de Eagle Eye Cherry.

Disco

A disco music explodiu a partir do final dos anos 70 como um gênero especialmente pensado para as pistas de dança. E não é que cai muito bem na academia também? Ouça a banda Kool & the Gang, com as cançõs "Get down on it" e "Celebration Song"; e Earth, Wind & Fire, com "September".

Música clássica

É, a música clássica também pode ser uma boa trilha sonora para malhar. Escolha obras em allegro, uma terminologia da música erudita para definir um andamento mais ligeiro, entre 120 e 160 bpm. Uma boa opção para a malhação é ouvir as composições barrocas, mais lineares. Experimente o "Brandenburg Concerto Nº 3", de Johan Sebastian Bach.

Música brasileira

Se você não abre mão da ótima música brasileira nem para malhar, a melhor pedida é Jorge Ben Jor e o seu samba com pegada roqueira. Ouça do início ao fim os álbuns "Samba esquema novo" e "África Brasil". Satisfação garantida.

E aí, vamos malhar? Gostou do texto ? Então deixe seu comentário e compartilhe sua experiência!

TAGS
para malhar
música

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ