Esporte

03/10/2015 02:49 - Atualizado em 05/12/2016 05:45

Wushu: Conheça essa arte marcial chinesa

O esporte é pouco difundido, mas entusiastas querem transformá-lo em modalidade olímpica.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O universo das artes marciais vai muito além do caratê e do kung-fu. O wushu, por exemplo, é uma prática esportiva nascida na China e que vem ganhando cada vez mais espaço no mundo.

Existem inclusive campeonatos e exibições desse esporte. A pretensão dos promotores é transformá-lo em modalidade olímpica. Conheça mais sobre a luta.

homem praticando wushu

O que é o wushu

A palavra significa, literalmente, “arte marcial”. E a prática utiliza a maioria das técnicas chinesas de luta, inclusive com o auxílio de armas.

Acredita-se que o wushu tenha chegado à Mongólia com a denominação de Shuai-Jiao e daí passou a se desenvolver como uma forma de ideologia hierárquica e de disciplina, o que perdura até os dias de hoje. Com o passar do tempo, a técnica foi sendo aperfeiçoada e sofreu algumas mudanças, adquirindo diferentes estilos.

Durante o século 20, a República Popular da China estabeleceu uma tentativa de nacionalizar a arte marcial. Pelo resto do mundo, ainda é complicado encontrá-la como modalidade esportiva.

Em Portugal, por exemplo, há um único centro de informação sobre esse esporte, dirigido de maneira amadora por alguns apaixonados pela técnica, mas sem muito apoio. No Brasil, a situação é bem parecida e não há uma estrutura significativa para a prática.

Saiba Mais
Chi kung ajuda na conquista da serenidade
Artes marciais para idosos: Veja indicações, benefícios e cuidados
Esportes de luta oferecem riscos de lesões na cabeça

Sem combate direto

O instituto central Wushu, em Nan Jiing, foi fundado em 1928 pelo governo chinês para incentivar a criação de organizações locais em províncias, cidades e condados. Depois da fundação, foram promovidos dois festivais de wushu, em 1928 e 1932, que facilitaram a divulgação do esporte entre a comunidade chinesa.

Em 1936, foi organizada a visita de uma delegação para a divulgação do esporte pela Ásia. Nesse mesmo ano, o grupo chinês fez uma demonstração da arte marcial nos Jogos Olímpicos de Berlim.

Foi no começo de 1959 que diversos mestres de estilos distintos de wushu se reuniram para reavaliar as modalidades tradicionais. Eles, então, ajudaram a moldar o que se conhece como a versão contemporânea do esporte.

Essa versão atualizada da luta foi desenvolvida sem ênfase no combate direto, mas com foco na execução das coreografias para manter a saúde, estimular a prática do exercício físico e desenvolver o corpo.

Como na maioria das artes marciais do Oriente, o atleta é incentivado a manter um espírito de obediência e disciplina. O wushu também garante a melhora da coordenação motora e do condicionamento físico em geral.

Você já praticou alguma luta? Conhece os benefícios das artes marciais? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir outras dicas de esporte e atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
artes marciais
China
coordenação motora
disciplina

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ