Esporte

05/02/2016 02:00 - Atualizado em 21/11/2016 03:03

Veja como praticar esqui aquático com segurança

Agilidade e equilíbrio são as principais características desse esporte.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se você ama velocidade e adora água, talvez esteja na hora de conhecer o esqui aquático. No esporte, o atleta é puxado por uma lancha e pode atingir até 80 quilômetros por hora. Equilíbrio e concentração são fundamentais para se aventurar nessa modalidade. Tá a fim de encarar o desafio?

atleta do esqui aquático

Conheça o esqui aquático

O esporte surgiu na década de 1920, na Suíça. Porém, foi apenas em 1946 que ocorreu o primeiro World Water Ski, com três países membros: Suíça, França e Bélgica. Ao longo dos anos, a modalidade foi se tornando mais famosa e atraindo muitos adeptos ao redor do mundo. A partir de 1986, a entidade responsável passou a se chamar Internacional Water Ski Federation (IWSF).

Segundo a Confederação Brasileira de Esqui Aquático (CBEA), existem três modalidades competitivas no esporte. Na slalom, o esquiador tem seus dois pés atados a um só esqui - um pé posicionado atrás do outro. O desafio é contornar as boias dispostas no percurso, sendo o vencedor aquele que conseguir passar o maior número de vezes pela pista.

O segundo modelo competitivo é o salto de rampa, que é uma espécie de salto em distância. O atleta tem seus pés fixados em dois esquis especiais. Após o barco passar paralelamente à rampa, o esquiador deve adquirir o máximo de velocidade para cruzar a maior distância possível.

A terceira modalidade é a dos truques, considerada a mais técnica. Ela consiste na execução de diferentes manobras, tais como saltos, cambalhotas e giros. Cada movimento recebe uma pontuação e o vencedor é aquele que somar mais pontos.

Regulamentação e cuidados

O esqui aquático é considerado um esporte altamente técnico e, por isso, deve ser realizado por profissionais qualificados e em locais com características específicas. Por aliar força e velocidade, a indicação da CBEA são lagos pequenos, abrigados de ventos e sem trânsito de outras embarcações.

Para quem está pensando em aderir ao esporte, a recomendação é contar com o apoio de um instrutor, especialmente no início. Muitas pessoas podem ter dificuldades para se equilibrar e manter o movimento. A prática, é claro, é a melhor forma de atingir melhores resultados no decorrer do tempo.

Além disso, é importante que o esportista fique atento à sobrecarga dos músculos e das articulações, que podem causar lesões. Em caso de trauma por queda ou colisão, é importante procurar ajuda médica imediatamente.

E então, ficou a fim de experimentar o esqui aquático? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
esporte aquático
water ski
modalidades
regras

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ