Esporte

26/06/2014 09:00 - Atualizado em 23/05/2016 06:00

Urbanathlon é uma corrida urbana com obstáculos

Urbanathlon tem edições em diversas cidades do mundo, mas ainda não chegou ao Brasil.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já ouviu falar de Urbanathlon? É uma corrida urbana com obstáculos, promovida periodicamente pela revista Men’s Health em diversas cidades do mundo. Infelizmente, o evento ainda não chegou ao Brasil.

O que é o Urbanathlon

As pessoas podem participar na categoria masculina, feminina, dupla masculina, dupla feminina ou mista. Cada edição do Urbanathlon tem um trajeto diferente, que tem não mais de 10 km, divididos em 7 a 10 obstáculos. Ou seja, o Urbanathlon vai testar não apenas a sua capacidade de correr, mas também de transpor algumas dificuldades do trajeto.

Foto: ShutterstockUrbanathlon ocorre em diversas cidades do mundo, como Singapura. Foto: Shutterstock

Urbanathlon: uma corrida divertida

Com esses obstáculos e desafios, o Urbanathlon não se torna monótono, pois pensar em uma técnica diferente para cada parte do percurso é divertido. Essa prática não precisa ser feita apenas por atletas – qualquer um em boas condições físicas pode participar - basta ter força de vontade.

Para que seja montado um percurso de 8 km por São Paulo, a Men’s Health espera, no seu site, a manifestação de cinco mil pessoas interessadas para dar andamento ao projeto. Você pode descobrir mais informações no site do evento.

Urbanathlon de Singapura

Quer entender melhor como funciona o Urbanathlon? Então confira como foram os obstáculos da última corrida em Singapura, em março deste ano:

Obstáculo 1 – Análise de curva

No primeiro obstáculo, o participante pega velocidade e pula por cima de um cano de concreto com 1,2 metro de diâmetro, depois aproveita o embalo e passa por cima de outro cano, esse com diâmetro de 1,5 metro.

Obstáculo 2 – Balanço

Aí, o corredor deve caminhar por cima de uma viga inclinada com duas polegadas de largura. Dessa viga, ele pula para outra, a uma altura maior do chão, e depois para mais duas, sempre mais altas do que as anteriores.

Obstáculo 3 – Fios

Nessa etapa, o participante deve por em prática toda a sua flexibilidade para transpor, agachado, um labirinto de fios elásticos com 4 metros de comprimento. Engatinhar e rastejar-se não é permitido.

Obstáculo 4 – Escalada

O quarto obstáculo da pista é composto por duas paredes de escaladas. A primeira, com 3 metros de altura, deve ser superada com o auxílio de cordas e descida com o apoio de blocos de madeira na descida do outro lado. A segunda parede, com a mesma altura, deve ser subida com o auxílio dos blocos de madeira e descida derrapando pela sua inclinação.

Obstáculo 5 – Carga

Aí, o participante pega um saco de areia molhado, com 20 kg, armazenado em um recipiente com água, carrega-o por uma distância de 50 metros e depois volta esse mesmo percurso correndo de costas, ainda com o saco em mãos, para então prosseguir após devolver o saco ao recipiente.

Obstáculo 6 – Salto de fé

O corredor sobe com uma escada em uma torre de 2 metros de altura. Para descê-la, deve saltar e agarrar-se em um cano estilo pole, distante a 1,2 metro, para chegar ao chão.

Obstáculo 7 – Movimento lateral

Nesse obstáculo a pessoa deve transpor dois pares de barras paralelas, apoiando-se nelas sem tocar os pés no chão. O primeiro deve ser superado movendo-se de frente, apoiando apenas as mãos nas barras. O segundo par deve ser transposto lateralmente, apoiando os pés em uma barra e as mãos em outra.

Obstáculo 8 – A rede

No obstáculo final, o participante, exausto, precisa passar por um caminhão de 3 toneladas, escalando uma rede com 3,2 metros de altura e descendo pelo outro lado.

Falhas: Se o participante falhar ao tentar transpor os obstáculos 1, 2, 4, 5 e 7, pode tentar novamente. Se falhar de novo, segue o trajeto até a próxima barreira e cinco minutos serão acrescidos no seu tempo final.

Gostou do texto ? Deixe seu comentário ! 

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ