Esporte

31/01/2016 11:00 - Atualizado em 30/11/2016 06:21

Shortboard: Nunca é tarde demais para surfar

A prancha é o melhor modelo para iniciantes na prática do surfe.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Com Minerinho, Gabriel Medina e Felipe Toledo, o Brasil dominou o ranking mundial de surfe em 2015 e mostrou que tem potencial para desbancar por muito tempo as lendas dos mares, como Mick Fanning e Kelly Slater. Se você é fã dessa modalidade e deseja aprender a deslizar sobre as ondas, a prancha chamada shortboard é a opção perfeita.

Criada em 1960 por Gordon Clark, a shortboard surgiu para revolucionar o modo de surfar. Diferente da tradicional longboard, ela era fabricada em tamanho menor, com fibra de vidro e poliuretano, sendo muito mais leve e fácil de carregar que as opções de madeira da época.

Confira a seguir mais sobre os tipos de prancha. Sua vontade de pegar onde só vai aumentar!

surfista com shortboard na praia

Tipos de shortboard

Diversas mudanças foram feitas para deixar a prancha ainda mais moderna e adequada ao surfe. Ela foi dividida em categorias para facilitar a escolha para cada tipo de praia, conforme suas características. Alguns dos modelos são "fish", "egg", "fun board" e "gun". Confira os detalhes:

- Fish: tem menos de seis pés de comprimento e duas quilhas. É perfeita para ondas pequenas e uma boa opção para quem está começando.

- Egg: é parecida com a fish, porém mais redonda. Garante melhor flutuação. Também pode ser adequada para iniciantes.

- Fun board: Fica entre a longboard e a shortboard. Tem aproximadamente oito pés de comprimento e é perfeita para conquistar velocidade. Também é boa para fazer manobras nas ondas.

- Gun: Comprida como uma longboard e com a ponta de uma shortboard, é a prancha perfeita para ondas grandes.

info shortboard

Aprenda a surfar com uma shortboard

Pode parecer difícil para alguns, mas é tudo uma questão de prática. Para aprender a surfar, é necessário ter paciência e tempo.

Antes de tudo, você deve procurar uma praia com ondas pequenas. Elas são as melhores para conquistar o equilíbrio necessário para o esporte. Compre ou alugue uma shortboard com o auxílio de amigos ou de vendedores experientes.

As pranchas no formato fish e egg são as mais adequadas para quem está aprendendo. Elas permitem que você se dê bem nas ondas pequenas, perfeitas para as primeiras manobras.

Você também deve ficar de olho em alguns detalhes: use colete salva-vidas para evitar acidentes na água, aplique parafina e não se esqueça do leash, corda que une o atleta à prancha.

Saiba Mais
Conheça o kitesurf, uma opção esportiva para o verão
Windsurf: Surfe e veleje ao mesmo tempo com o esporte
Stand up paddle: Veja locais para praticar no Brasil

O aquecimento é realizado fora do mar. Treine as remadas e, quando estiver confiante, vá para a água. Lá você deve praticar o movimento de subida, chamado de “pop up”.

Já dentro da água, vá até o local onde as ondas quebram. Assim que você notar a formação de uma onda, comece a remar. Levante rapidamente, apoiando as mãos na altura do peito e fixando os pés na prancha de maneira rápida. Fique com as pernas firmes e deslize sobre o mar.

Parece fácil, né? Seu instrutor certamente também vai achar. Porém, não se iluda: haverá muitos "caldos" até que você conquiste segurança e experiência para se arriscar em ondas - e pranchas - maiores. O segredo do surfe é a persistência.

Quer começar? Já tentou? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de bem-estar e atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
tipos de prancha
surfe
mar
esporte aquático

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ