Esporte

14/03/2016 04:00 - Atualizado em 03/12/2016 03:18

Rugby? Hóquei? Não! É lacrosse: Conheça as regras do jogo

Esporte é considerado o mais antigo na América do Norte.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se você não é um fanático por esportes, talvez nunca tenha ouvido falar de lacrosse. Se ouviu, as regras desse esporte podem não ser do seu conhecimento. Ele usa a força e o contato físico do rugby. Possui uma espécie de taco e o objetivo principal é marcar gol, como no hóquei. Ainda assim, a modalidade tem suas particularidades.

História do lacrosse

O esporte é conhecido por ser o mais antigo na América do Norte, em especial no Canadá. Os primeiros registros são de antes da chegada dos missionários jesuítas ao continente, no século 17. Registros históricos dão conta de que a modalidade, ainda de forma rudimentar, era praticada por nativos indígenas da região, os iroquis.

Na época, o esporte tinha forte relação com a religião, fazendo parte de rituais da tribo. Até então, era praticado por mais de cem homens de cada lado, em campos que ultrapassavam os 500 metros de comprimento. Uma partida chegava a durar dias.

Porém, foi nas mãos dos franceses que o esporte ganhou o nome atual. O batismo veio devido à semelhança do taco utilizado na modalidade com o bastão episcopal - tipo de cajado usado por bispos em cerimônias religiosas -, que em francês se chama "la crosse".

detalhe de jogo de lacrosse

Regras do lacrosse moderno

Desde sua criação secular, o esporte passou por algumas alterações em suas regras, a começar pelo número de integrantes em cada time. São dez no naipe masculino e doze no feminino. Outra mudança importante diz respeito à padronização das medidas de campo. Em uma partida oficial, uma quadra deve medir 100 metros de comprimento por 55 metros de largura.

Se há 400 anos a partida podia durar dias, atualmente cada jogo tem 80 minutos de duração, divididos em quatro tempos de 20 minutos. Entre o segundo e o terceiro período, existe um intervalo de dez minutos. Além disso, cada equipe pode parar a disputa duas vezes por tempo.

Assim como outros esportes, o lacrosse também possui jogadas faltosas. Na modalidade, existem três tipos de infrações: a falta técnica, a falta pessoal e a falta de expulsão. A decisão por qual irregularidade marcar cabe ao árbitro, que deve levar em conta a gravidade para tal.

Vence a partida a equipe que marcou mais gols. Vale lembrar que, em uma partida de lacrosse, não há empate. Caso não haja um vencedor no tempo normal, há uma prorrogação com dois tempos de quatro minutos cada. Persistindo a igualdade, tem início a chamada morte súbita, onde o primeiro time que marcar sai com a vitória.

Equipamentos para a prática do esporte

Se você deseja praticar lacrosse, precisa, em primeiro lugar, estar bem equipado. Afinal, o esporte tem muito contato físico e a sua segurança deve ser prioridade. Em uma partida oficial, todos os atletas devem usar capacete, joelheiras, luvas, proteção para ombros e peitos (shoulder pad), além, é claro, do crosse.

Se no Brasil o esporte ainda é pouco conhecido, nos Estados Unidos estima-se que haja quase 2 milhões de praticantes de lacrosse, segundo dados da Sporting Goods Manufacturers Association. Na última década, o aumento no número de adeptos foi de 38%.

Gostou do artigo? Então aproveite para compartilhar as informações do Vivo Mais Saudável com seus amigos nas redes sociais! E não se esqueça de conferir nossas dicas de saúde e atividade física.

TAGS
regras
equipamentos
história
Canadá

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ