Esporte

10/11/2014 03:00 - Atualizado em 02/12/2016 02:56

Patins são alternativa para manter a forma longe das academias

Com muita diversão, patins trabalha diferentes músculos e queima muitas calorias.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Para muita gente o horário de verão funciona como um gatilho: é hora de se preocupar com o corpo, investindo tempo e dinheiro a fim de fazer bonito na praia ou na piscina. O ímpeto por abandonar o sedentarismo muitas vezes é acompanhado pela ideia de aproveitar os dias mais longos para manter contato com a natureza e se exercitar ao ar livre.

Pensando nisso, muitas pessoas têm optado por trocar a esteira da academia pelos patins. Se esse for o seu caso, reunimos algumas dicas para você começar a praticar e não perder o entusiasmo nem o equilíbrio.

patins

Vantagens do patins incluem integração com a natureza

Quem é adepto do esporte há algum tempo costuma defender o patins como um meio de integração com a natureza, e não apenas um esporte. Geralmente, quem se interessa pela prática tem apreço pelo ar livre e gosta de estar em contato com o meio ambiente. A possibilidade de patinar em ciclovias, calçadas em avenidas na beira do mar e parques contribui para essa ideia.

Além da integração com a natureza, fugindo dos ambientes controlados das academias, com catracas, senhas e códigos de conduta, a prática auxilia no condicionamento físico. Entre as principais vantagens, pode-se citar:

- Lombar: para conseguir se locomover, os patinadores alternam o centro de gravidade do corpo, pois estão apoiados em bases instáveis. Assim, os músculos da região lombar são acionados a cada patinada.

- Glúteos: além da flexão constante necessária para o equilíbrio, os glúteos trabalham a todo momento auxiliando na impulsão.

- Coxas e panturrilhas: sempre que os joelhos são flexionados, as coxas são exigidas. As panturrilhas também são trabalhadas, principalmente quando é necessário frear os patins.

- Aumento da resistência muscular, da capacidade cardiorrespiratória e da coordenação motora.

- Queima de calorias: o gasto calórico é relativo e depende do metabolismo, do peso corporal, do tempo e da intensidade da atividade, mas estima-se que é possível gastar até 800 calorias em uma hora.

Patins exigem equipamentos de segurança

Agora que você já conhece os principais benefícios do esporte, é hora de tomar a decisão e começar a praticar. Esteja atento e nunca descuide de sua segurança: assim como o skate, patinar envolve risco de quedas. Confira algumas dicas para começar no esporte:

patinsEscolha o tipo de patins

É importante analisar cada um dos equipamentos disponíveis no mercado, relacionando as especificações técnicas aos seus objetivos com o esporte. Para quem está começando, os mais indicados são os modelos Fitness e Freestyle.

Invista em segurança

É preciso estar atento à segurança, pois o risco de quedas é real. Adquira cotoveleiras, capacetes e joelheiras. Além disso, dê preferência às calças, pelo menos no início.

Seja persistente

Cair é absolutamente normal para quem está começando no esporte. No início, será difícil manter o equilíbrio. No entanto, somente por meio da prática é possível melhorar o desempenho. Seja persistente e não desista!

Procure um acompanhamento

Se você conhece um amigo que também gostaria de começar a praticar, entre em contato com ele para que vocês aprendam juntos. A parceria ajuda a superar obstáculos e é motivadora.

Prefira locais planos

O local onde você vai praticar o esporte precisa ser definido com cuidado. No início, dê preferência a locais planos e nivelados, sem obstáculos ou buracos que obstruam o caminho e favoreçam acidentes. Fique longe, também, de lugares com aclives ou declives acentuados.

Gosta das nossas dicas de atividade física? Deixe um comentário e não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
atividade física
patinação
esporte

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ