Esporte

11/07/2015 12:34 - Atualizado em 05/12/2016 02:12

Jogo de padel estimula a força e a agilidade

Semelhante ao tênis, o padel é jogado em duplas e garante benefícios para o corpo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Um jogo semelhante ao tênis pode ajudar você a se tornar mais ágil. O padel é um esporte disputado entre duas duplas com raquetes, uma rede e uma bola. Por volta de 1890, passageiros de navios ingleses tentaram adaptar a prática de tênis ao espaço de bordo, e então o esporte surgiu em dimensões menores e protegido por telas.

Foi apenas em 1924 que o jogo passou a ser praticado em terra, com quadras improvisadas em Nova Iorque. Nos anos 1970, um príncipe espanhol levou o padel para países europeus. Atualmente, o esporte é uma prática organizada e regulamentada pela Federação Internacional de Padel, da qual o Brasil também faz parte.

Regras do padel

O que caracteriza o esporte, além das dimensões da quadra, são as duplas, uma para cada lado. Cada participante utiliza uma raquete, sendo que o objetivo é não deixar que seus adversários devolvam a bola, seja por ter batido no corpo ou ido para fora do campo.

A bolinha deve quicar no campo de jogo, bater na parede e ser devolvida à quadra adversária antes de quicar novamente no chão.

padel

Assim como no tênis, o ponto no padel é iniciado no saque, quando a bolinha é lançada por cima da rede até a área da outra equipe, sempre na diagonal. A jogada termina com o erro ou sem que haja possibilidade de devolver a bola por uma das duas duplas.

A dupla que conseguir marcar primeiro quatro pontos, com dois de vantagem sobre o outro time, vence. Além disso, a forma de marcar pontuação é a mesma do tênis tradicional. O número total de sets fica de acordo com a organização do evento ou do local de prática. Geralmente, uma partida de padel vai de três a cinco sets.  

Benefícios do padel para a saúde

Em uma partida regular do esporte, é possível queimar entre 400 e 700 calorias, por se tratar de um exercício aeróbico, de esforço e máxima intensidade.

O professor de padel Cícero Dutra aponta que uma das principais vantagens do esporte é que ele trabalha todo o corpo, pois exige grande movimentação de membros inferiores e força dos membros superiores.

“Além de auxiliar na perda de peso, o esporte exige um grande esforço das pernas para de locomover, do tronco e da parede abdominal para a sustentação, e dos braços, ombros e costas para os movimentos com a raquete”, aponta.

Segundo o educador, o Rio Grande do Sul foi um dos primeiros estados brasileiros a aderirem à pratica dessa modalidade, trazida por argentinos e uruguaios no início da década de 1990. Em seguida, o esporte se espalhou pelos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro.

Indicações e contraindicações para a prática

De acordo com Cícero, o padel pode ser indicado para pessoas de qualquer idade. “Sempre é válido ressaltar a importância, no caso das crianças, de utilizar o material adequado: tênis antiderrapantes e raquetes com o peso certo”, alerta.

Além disso, o professor aconselha que o praticante concilie algumas atividades aeróbicas, como corridas, esteira ou bicicleta, e realize o fortalecimento muscular aliado ao alongamento. Isso ajuda a prevenir lesões na hora dos jogos.

Você já conhecia o padel? Deu vontade de praticar? Conte para nós! E aproveite para conferir mais dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
aeróbico
quadra
tênis
esporte de duplas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ