Esporte

14/04/2015 05:31 - Atualizado em 09/12/2016 07:31

Ginástica acrobática desafia os limites do corpo

Com movimentos dinâmicos e de equilíbrio, a atividade fortalece os músculos de todo o corpo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A ginástica acrobática pode trazer muitos benefícios para o corpo, pois todos os grupos musculares são bastante exigidos nos exercícios, assim como as articulações. A atividade pode fortalecer os músculos, aumentar a resistência e definir todo o corpo, proporcionando também mais equilíbrio, flexibilidade e coordenação motora.

Com alguns cuidados e o acompanhamento adequado, qualquer um pode praticar a modalidade, desde que seja dentro das capacidades e limitações individuais. Para realizar os movimentos corretamente e garantir os benefícios, é indicado sempre procurar aulas com um profissional qualificado.

ginastica acrobatica

Como funciona a ginástica acrobática

A ginástica acrobática é uma modalidade conhecida principalmente nos Jogos Olímpicos, e surgiu devido à criação do circo. A atividade pode ser feita de forma individual, em dupla, com três ou ainda quatro integrantes.

As posições trabalhadas são chamadas também de figuras acrobáticas, e podem ser feitas com a utilização de equipamentos. Os movimentos podem ser isolados, dinâmicos, estáticos (por equilíbrio e força) ou individuais, como saltos, giros e equilíbrios, entre outros.

As aulas são adaptadas de acordo com uma série de fatores, como a idade dos praticantes, os interesses e objetivos, o nível técnico e os equipamentos disponíveis. O professor utiliza movimentos que respeitem as capacidades e limitações de cada aluno, começando com aulas mais básicas e dificultando-as de acordo com a evolução individual.

A prática da ginástica acrobática deve começar com o aquecimento geral do corpo, trabalhando a flexibilidade e alongando os principais músculos. Isso evita lesões, contusões e dores posteriores. Depois, começa o trabalho técnico dos exercícios individuais, para então serem trabalhadas as figuras acrobáticas.

As transições de uma posição acrobática para outra são feitas de forma lenta, mantendo a tonicidade e a postura ginástica, misturando movimentos dinâmicos com equilíbrio.

Benefícios da ginástica acrobática

Permanecer em uma figura acrobática e fazer a transição para outra lentamente são atividades que exigem muita força e resistência muscular. Com isso, trabalham-se os músculos dos membros inferiores, abdominais, dorsais e braços. Também se define e modela o corpo, eliminando ainda as gordurinhas localizadas.

A ginástica acrobática desenvolve a consciência corporal, melhora o condicionamento físico, estimula o bom funcionamento do coração, alivia o estresse, proporciona sensação de bem-estar e melhora a coordenação motora, o equilíbrio e a flexibilidade.

A atividade é indicada para qualquer idade, desde que seja acompanhada por um profissional qualificado. A frequência e o tempo das aulas, assim como o espaço e os equipamentos utilizados, vão variar de acordo com cada lugar, professor e indicação individual.

Os exercícios também devem respeitar as limitações físicas de cada pessoa, levando em consideração principalmente o limite de movimento das suas articulações. Com o tempo e a prática regular da atividade, essa capacidade aumenta junto com a melhora da flexibilidade do corpo.

Como qualquer outra atividade física, antes de começar a praticar a ginástica acrobática, é indicado consultar um médico para fazer avaliações de saúde e físicas. Assim, ele pode identificar possíveis restrições para os exercícios, além de indicar a melhor forma de praticar para garantir os benefícios sem riscos.

Pronto para experimentar? Conte para nós! Aproveite para conferir nosso especial Você Mais Saudável - Corpo, com dicas de exercícios ao ar livre em todo o Brasil. E lembre-se que sempre tem novidade aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
ginástica
acrobacia
equilíbrio
resistência muscular

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ