Esporte

01/11/2015 03:28 - Atualizado em 02/12/2016 12:54

Drift trike: Brincadeira de criança ganha um toque radical

Combinando aspectos do carrinho de rolimã com BMX e kart, a modalidade vem ganhando cada vez mais adeptos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você acha que andar de carrinho de rolimã é coisa de criança? Não mais! Uma nova modalidade chamada drift trike combinou a velha brincadeira com muita adrenalina. Os carrinhos são adaptados e o esporte é praticado em ladeiras para garantir ainda mais velocidade.

Para quem gosta de atividades radicais, a modalidade é a pedida certa. Mas é preciso ter alguma técnica e utilizar sempre equipamentos de segurança. Com isso, é possível superar os limites e viver experiências emocionantes.

praticantes de drift trike numa ladeira

Conheça o drift trike

O drift trike surgiu em 2009, na Nova Zelândia, e rapidamente se espalhou por vários lugares do mundo, inclusive no Brasil. A modalidade é praticada em vias públicas asfaltadas e consiste em descer ladeiras em alta velocidade, podendo-se alcançar 70km/h com a execução de manobras com giros e derrapagens.

O carrinho utilizado para o esporte é uma espécie de triciclo adaptado, chamado de “trike”. Na maioria dos casos, o veículo é montado pelos próprios praticantes, que utilizam aro, garfo e guidão de bicicleta BMX na parte dianteira e rodas de kart envolvidas por PVC ou polietileno na traseira, parte essencial para a derrapagem.

Já o assento é um banco de plástico com formato de concha e a frenagem, em geral, é feita com as manobras e também com os pés, apesar de muitos modelos utilizarem conjunto de freio na roda da frente.

No Brasil, a maior parte dos praticantes da modalidade se concentra em São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina, pela quantidade de ladeiras desses locais. Por esse motivo, essas cidades já recebem campeonatos organizados de forma independente, como a Liga de São Paulo de Drift Trike (LPDT) e a Liga Catarinense de Drift Trike (LCTD).

Apesar de já contar com algumas competições próprias, a força do esporte ainda está nos encontros combinados pelas redes sociais, que já chegaram a reunir centenas de pilotos e devem crescer ainda mais nos próximos anos.

Saiba Mais
Prática do slackline melhora o equilíbrio e a postura
Corrida de montanha exige preparo físico
Skate queima calorias e fortalece articulações

Benefícios da prática

Os principais benefícios do drift trike estão na adrenalina que o esporte oferece. Ele permite a superação de limites e desafios físicos e mentais, além de proporcionas sensação de bem-estar e relaxamento após a prática. A modalidade também exige concentração e reflexos rápidos, contribuindo para a melhora da coordenação motora e do foco.

Não existem contraindicações para a prática e qualquer um pode começar, desde que adote alguns cuidados básicos. O principal deles é sempre utilizar equipamentos de segurança, pois a atividade envolve riscos de quedas e contato com o asfalto. Por isso, capacete e protetores de cotovelos, antebraços, joelhos e pernas são essenciais.

Além disso, os praticantes devem conhecer o veículo e como utilizá-lo antes de descer uma ladeira. Precisam, também, inteirar-se do trajeto que será percorrido para saber os obstáculos que irá enfrentar, como curvas ou partes mais íngremes.

Curtiu? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas de atividade física aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
BMX
rolimã
esporte de velocidade
esporte de aventura

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ