Esporte

02/07/2014 09:00 - Atualizado em 09/12/2016 08:55

Descubra como amenizar a dor muscular pós-treino

Dor muscular pós-treino é normal para quem busca a hipertrofia, mas deve ser tratada com cautela.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A dor muscular pós-treino pode ser uma condição normal de quem busca os melhores resultados na academia. Mas nem sempre. 

Por que ocorre a dor muscular pós-treino

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

A dor muscular pós-treino acontece porque ao forçar os músculos, estamos quebrando as suas fibras. Como assim? É, essa a reconstrução provocada pela ruptura aumenta a resistência muscular e, assim, o ganho de massa – consequência que é chamada de hipertrofia. 

Portanto, são as microlesões musculares, causadas pelo esforço que empenhamos nos exercícios, que causam a dor muscular pós treino – as células destruídas são fagocitadas por outras, do sistema inflamatório.

Ela costuma iniciar-se por volta de 8 horas depois do treino e pode perdurar por até 72 horas ou mais, embora não costume permanecer por mais de dois dias em pessoas já acostumadas à musculação. 

Dor muscular pós-treino é normal?

Existem diferentes tipos de dor muscular pós-treino. Se ela permanecer por muito tempo e você sentir que isso não é normal, procure um especialista. Pode ter havido uma lesão muscular de maior gravidade.

Outra questão discutida é se a tal “dor boa” é um bom indício para continuar os exercícios. Existem estudos, por exemplo, que mostram que treinar o mesmo músculo, depois de uma recuperação de dois dias, é anabólico – ou seja, causa o aumento da massa muscular –, mesmo que a dor permaneça.

Mas há contraindicações. Se você ainda sente dor, vai ser mais difícil manter a carga de peso ideal nos exercícios. Além disso, você pode fazer um movimento incorreto para escapar das pontadinhas de dor. Isso vai comprometer a execução da atividade, tornando-a mais instável, o que é bastante perigoso, pois você poderá comprometer outras estruturas desse jeito.

Como amenizar a dor muscular pós-treino

Se você quer ter bons resultados e aumentar a sua massa muscular, vai ter que se acostumar com a dor muscular pós-treino. Ela é um indício de que as fibras estão sendo reconstruídas. Mas há meios de amenizá-la, sim:

- Evite novos treinos até a dor sumir. Tente investir em bicicleta, corrida ou natação, esse último um excelente exercício para recuperação muscular. 

- Antes do treino, nunca deixe de fazer um bom aquecimento e alongamento. Depois do treino, não relaxe ainda: sempre faça 10 minutos de atividades aeróbicas leves, para fazer o sangue circular. Também vale um novo alongamento – sem forçar muito a flexibilidade, o que poderia ser prejudicial – nos membros que você treinou. Nos dias seguintes, logo ao acordar, é ótimo alongar todo o corpo, sobretudo as regiões onde você sente dor.

- Com o OK do seu médico, você pode tomar uma dose de Ibuprofen ou algum anti-inflamatório como o Dorflex (consulte sempre o médico para saber qual a dose recomendada para você).

- Faça compressas de gelo e aplique por 20 minutos na área dolorida, tirando por mais 20 minutos e reaplicando em seguida, até completar uma hora. Se a dor impedir você de fazer o movimento completo de algum membro, use o método de compressão ou procure um fisioterapeuta para que ele aplique uma bandagem.

- Por fim, experimente o resultado de aplicar um creme de massagem esportiva, daqueles que esquentam, e massagear o músculo onde você sente dor.

Não esqueça: dor muscular pós-treino é normal, mas não em excesso.

Gostou do texto? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência!

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ