Esporte

08/03/2015 12:20 - Atualizado em 06/12/2016 07:06

Dança africana deixa o corpo em forma: Conheça os ritmos

Existem várias modalidades de dança africana, que proporcionam mais saúde e bem-estar para os praticantes.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A dança africana possui uma grande variedade de estilos e ritmos. A maioria dos gêneros tem músicas animadas e coreografias dinâmicas, com movimentos que envolvem o rebolar dos quadris e a agilidade dos braços, das pernas e da cabeça. Por isso, a atividade oferece benefícios tanto para a saúde física quanto para a mental.

danca africana

Benefícios da dança africana

A dança africana mistura sons, ritmos e movimentos básicos do corpo humano, com destaque à espontaneidade da expressão. Muitas das danças são bastante agitadas e movimentam vários grupos musculares, trazendo benefícios para o preparo físico e também para o funcionamento do organismo.

Praticar qualquer tipo de dança africana melhora o sistema cardiovascular, beneficiando o coração e os seus batimentos. Também trabalha a coordenação motora e o equilíbrio, além de aumentar a capacidade respiratória, devido ao fôlego exigido para acompanhar as aulas. Ainda, fortalece e define os músculos dos braços, das pernas e do abdômen.

Dançar também é uma ótima opção para quem busca a perda ou o controle do peso. Uma hora de aula pode queimar até 600kcal, eliminar as indesejadas gordurinhas localizadas e ainda modelar o corpo. A atividade proporciona sensação de bem-estar e aumenta a autoestima dos praticantes.

Tipos de dança africana

A dança em geral tem origem na África, pois era uma atividade essencial nas aldeias e praticada sempre em grupo para integrar os membros. Praticamente todos os acontecimentos da vida africana são comemorados com dança, tornando-se a parte mais importante das festas realizadas para agradecer aos deuses.

Existem diferentes tipos de dança africana, variando de acordo com o país e as influências culturais. Muitas técnicas podem apresentar até seis ritmos ao mesmo tempo e uma variedade de movimentos usando braços, pernas, quadris e cabeça. Os dançarinos ainda podem usar acessórios ou enfeitar o corpo para tornar os movimentos mais expressivos.

Kizomba

Esse estilo surgiu na Angola nos anos 1980, influenciado pelas músicas do zouk. Dançada em pares, a kizomba apresenta passos rápidos e movimentos sensuais com os quadris. Serviu como influência para outros estilos de música e dança, como o tango, a plena e o merengue.

Kuduro

Outra dança africana muito conhecida é o kuduro, que conquistou os brasileiros. Também com origem em Angola, é um estilo animado e recreativo de exibição individual. Com movimentos principalmente na parte dos quadris, as pessoas dançam a modalidade geralmente em festas e boates.

Rebita

Esse gênero de música e dança de salão é dançado em pares, com coreografias coordenadas. Os movimentos e passos demonstram o charme dos cavalheiros e a vaidade das damas. Entre trocas de gestos, olhares e sorrisos, o casal dança em marcação de dois tempos.

Gostou das dicas de atividade física? Então deixe um comentário! E concorra agora a um smartphone Sony Xperia enviando um zap para o Vivo Mais Saudável. Adicione (21) 96702-5151 nos contatos do seu celular e responda: "Como um app pode ajudar você a ser mais saudável?". Saiba mais aqui.

TAGS
dança
Angola
emagrecer
kuduro

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ