Esporte

07/07/2014 08:00 - Atualizado em 30/11/2016 10:25

Brincadeiras de rua são divertidas, desde que seguras. Confira opções para o seu filho

Brincadeiras de rua tradicionais podem divertir a criançada. Relembre e incentive seu filho a brincar.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Não há melhor fase da vida do que a infância. Correr, brincar, rir e se divertir à vontade, sem se preocupar com o dia, com a hora e com qualquer tipo de responsabilidade. Ser criança é estar com os amigos em brincadeiras de rua, fazendo um intervalo para atender ao chamado da mãe para um lanche.

Brincadeiras de rua para a criançada

brincadeiras-de-ruaFoto: Shutterstock

Nessas brincadeiras de rua, muitas são as opções para a criançada. A variação ocorre desde os materiais com que se vão desenvolver os jogos e atividades, como os locais onde eles acontecem.

 

3 opções de brincadeiras de rua

Que tal ajudar seu filho a ter boas ideias para brincadeiras de rua? Ensine a ele como é bom jogar com os amigos em um ambiente real, longe dos desafios virtuais do computador. Mostra a ele como é pisar na terra, sentir o vento no rosto, suar e se sujar. Confira 3 opções entre as atividades mais pedidas pela meninada.

Amarelinha
É uma das mais antigas brincadeiras de rua que se tem conhecimento, mas ainda é realizada nos dias de hoje. Para começar, desenhe o diagrama com o giz sobre a calçada ou asfalto.

O traçado tradicional corresponde a um retângulo grande e dividido em dez retângulos menores. As chamadas “casinhas” deverão ser numeradas de 1 a 10.

No topo do diagrama, faça uma meia-lua e escreva a palavra “Céu”. Para jogar, fique atrás da linha do início do traçado, antes da casinha 1 e atire o marcador (pode ser uma pedra ou um papel enrolado). Comece pela casinha 1.

Feito isso, sem pisar na primeira casinha, atravesse o resto do circuito com pulos alternados nos dois pés e em um pé só. Ao chegar no “Céu”, retorne pelo caminho de volta do circuito, pegue o marcador, e sem pular na casa onde ele está, volte para trás do traçado. Vá jogando o marcador na próxima casinha e, assim, sucessivamente. Se errar, será a vez do próximo jogador.

Vence quem completar todo o diagrama primeiro. As brincadeiras de rua como a amarelinha são geralmente práticas e permitem, inclusive, a participação de adultos junto das crianças.

Coelhinho sai da toca 
Esta atividade também faz parte da lista de brincadeiras de rua. Os participantes se dividem em grupos de três e dois jogadores se dão as mãos, formando a toca. O terceiro fica entre eles e será o coelhinho, enquanto que, do lado de fora, ficam os coelhos perdidos.

Dado o sinal “coelhinho sai da toca, um, dois, três”, os participantes levantam os braços, abrindo as tocas e todos os coelhinhos devem ocupar uma nova toca. Inicia, então, uma disputa com os coelhos perdidos. Os coelhos que não conseguirem entrar aguardam no centro, à espera de uma nova oportunidade.

Queimada
Também chamada de Caçador, conforme a região do país, se refere a uma das brincadeiras de rua mais tradicionais. O jogo prevê a divisão em dois campos do mesmo tamanho, definindo os limites com o auxílio de um giz, por exemplo. Assim, também serão divididos os participantes em dois times.

O jogo começa com um lançador atirando a bola em direção a um dos jogadores do time adversário - se este for atingido, estará fora do jogo.No entanto, caso alguém do time adversário conseguir segurar a bola, sem deixá-la cair no chão, quem vai sair do jogo será o lançador.

Se a bola tocar no chão antes de atingir alguém, a posse de bola passa para o time adversário, que poderá atacar. Por fim, se algum jogador ultrapassar os limites do campo tentando fugir da bola, será eliminado. O jogo acaba quando um dos times ficar sem atletas.

Gostou das brincadeiras ? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência!

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ