Esporte

28/07/2014 09:00 - Atualizado em 03/12/2016 07:02

Brincadeiras com bola podem reduzir sedentarismo infantil

Confira opções de brincadeiras com bola para os seus filhos aproveitarem o tempo livre.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Realizar atividades físicas com frequência é importante em qualquer idade. Na infância, em especial: somos cheios de energia para gastar, e o exercício é importante para um crescimento saudável ao longo deste período. Brincadeiras com bola estão entre as mais divertidas para cumprir esse papel.

Por que apostar nas brincadeiras com bola

Videogames, televisão e computador são legais, mas nada substitui a diversão de um jogo ao ar livre. As brincadeiras com bola, além de entreterem, desenvolvem a coordenação motora da criança e, mais importante, afastam o risco de sedentarismo infantil – um perigo que, se não combatido cedo, pode fazer o pequeno levar hábitos nada saudáveis por toda a sua vida.

brincadeiras-com-bola
Brincadeiras com bola são divertidas e acabam com o sedentarismo infantil. Foto: Shutterstock

Boa parte das brincadeiras com bola só funciona ou só fica realmente divertida com um bom grupo de crianças. Costumam ser ideais para a prática na escola, mas se você é pai, vale muito a pena tentar arranjar um grupo de amigos para seu filho brincar no período extraclasse. O local de prática pode ser um parque ou praça próximo à sua vizinhança – certifique-se de que há sempre um adulto por perto.

Conheça algumas brincadeiras com bola para ensinar ao seu filho:

Queimada
Nessa brincadeira, o local é dividido em dois campos por uma linha. Os participantes devem ser distribuídos em dois times, cada um ocupando um lado. Uma das equipes começa com a bola, e o objetivo é atingir um adversário. Esse, por sua vez, precisa tentar desviar – então sua equipe fica com a posse da bola. Se ele for atingido, é eliminado do jogo; mas se agarrar a bola com a mão sem deixá-la cair no chão, quem arremessou é que sai da brincadeira. Ganha a equipe que eliminar todos os adversários.

Stop
Uma pessoa é escolhida para começar a brincadeira, enquanto cada uma das demais recebe o nome de uma fruta (ou animal, ou cor...). Quem começa atira a bola para cima, grita o nome de uma das frutas e sai correndo. Quem teve o seu nome gritado corre para agarrar a bola, e quando o faz grita “stop!”. Nesse momento, os demais, que também fugiram para longe da bola, param. A criança que teve seu nome gritado precisa, então, acertar um dos outros com a bola, podendo, para isso, dar até três passos para se aproximar. Quem for acertado (sem que a bola quique no chão antes) recomeça a brincadeira.

Gol a gol
Essa brincadeira é ideal para uma dupla de crianças que tem um campinho de futebol inteiro à sua disposição, mas não possui gente suficiente para montar dois times. Cada criança ocupa um lado do campo e tem como objetivo marcar gol no adversário, sem, no entanto, ultrapassar a linha central. Para defender, a outra criança só pode usar as mãos quando está fora da área, ou então dentro da área com a cabeça, pés, ombros, peito, etc. Caso pegue na mão dentro da área ou passar da linha do meio campo, é marcado pênalti.

Mico
Um grupo de crianças é organizado em uma roda e duas delas – uma de frente para a outra – começam cada uma com uma bola. Quando a brincadeira começa, as duas crianças começam a passar a bola para o colega da esquerda. O objetivo é variar o ritmo entre as duas, culminando em um momento no qual a mesma criança deverá ficar com duas bolas, ou deixará uma cair. Quem não for rápido o suficiente e deixar isso acontecer será o mico.

Montanha russa
São organizadas duas filas indianas, postadas lado a lado, com o mesmo número de crianças. A primeira de cada fila recebe uma bola e, quando a brincadeira tem início, passa a bola para a de trás pelo alto da cabeça. A segunda, por sua vez, passa para a terceira por debaixo das suas pernas. Quando a bola chega no último elemento, ele corre para a frente da fila e começa tudo de novo. Ganha a equipe que tiver a criança que iniciou a brincadeira novamente no início da linha.

Receba dicas de Cris Polis sobre comportamento infantil para ajudar seu dia a dia

Leia também:

Momento lúdico: aprenda como fazer pipa

Diversão garantida: brincadeiras de crianças

As crianças vão amar: visita ao zoológico

TAGS
crianças
brincadeiras de criança

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ