Esporte

16/08/2015 09:03 - Atualizado em 02/12/2016 12:21

Boulder: Conheça a prática de escalada sem corda

O boulder não utiliza equipamentos de segurança e, por isso, deve ser praticado por pessoas experientes.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Bastante diferente das escaladas tradicionais, o boulder é uma modalidade que aposta na exclusão de equipamentos de segurança, como cordas e mosquetões. Ousada e divertida, a prática deve ser desempenhada com acompanhamento de profissionais, demandando espírito aventureiro e condicionamento físico em dia.

A execução, de acordo com Leandro Conte, professor da Fórmula Academia, Unidade São Caetano do Sul, resulta em estímulos nos braços, antebraços, core e pernas. “O boulder é muito intenso e exige muita força desses músculos, trazendo um grande benefício”, explica.

homem pratica boulder na pedra

Pratique boulder com segurança

Segundo Conte, alguns cuidados são essenciais para assegurar a segurança do praticante. “São escolhidas sempre rochas com altura de até seis metros, não mais que isso”. A recomendação é dada para evitar que as quedas acarretem lesões.

Alguns acessórios são indispensáveis durante a prática do boulder. As sapatilhas especiais para escalada e o carbonato de magnésio - que elimina o suor das mãos e garante aderência - são alguns deles. Também é necessário usar a “crash pad”, almofada para amortecer a queda de quem está escalando.

Outra dica indispensável é o apoio de colegas. Eles podem servir como guia para facilitar e trazer mais segurança durante a escalada. “É sempre aconselhável escalar com alguma pessoa observando a subida para orientar melhor o salto e evitar maiores problemas”, lembra Conte.

Outro pré-requisito é o condicionamento físico em dia. O boulder exige a prática de atividades físicas como exercícios aeróbicos, corrida, bike ou musculação. Além de apostar em treinos regulares, você deve ter como prioridade a segurança. “Tanto quem escala quanto quem auxilia deve ter uma preparação prévia e um bom condicionamento físico”, frisa o professor.

Por ser uma atividade física de alto risco, a escalada não deve ser praticada por crianças, adolescentes e idosos. Adultos acompanhados por instrutor podem executar os movimentos em rochas bem firmes.

Boulder no Brasil

Além de conhecer os movimentos e cuidados, você deve procurar boas opções para as escaladas. No Brasil, existem rochas que permitem a execução das subidas com segurança. Confira algumas opções.

Cocalzinho (GO): A melhor época do ano para visitação é de maio a setembro. As rochas são de origem sedimentar.

São Tomé Das Letras (MG): Conta com rochas magmáticas e sedimentares. Os melhores meses para boulder também são de maio a setembro

Conceição do Mato Dentro (MG) O período ideal é o de seca, entre os meses de maio e setembro. As rochas de gnaisse e granito deixam o visual do local ainda mais bonito.

Ubatuba (SP): É boa para praia e escalada. As rochas são de granito e devem ser sua aposta de maio e agosto.

Reserva Florestal do Grajaú (RJ): Conta com linda cachoeira e rochas de granito para escalar entre maio e setembro.

E aí? Vai encarar o desafio? Conte para nós o que você achou desse tipo de escalada! E lembre-se que o Vivo Mais Saudável sempre traz novidades de atividade física para você.

TAGS
escalada
esporte de aventura
força
segurança

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ