Sem Glúten

25/08/2015 07:08 - Atualizado em 05/12/2016 04:31

Requinte e sabor: Faça brioche sem glúten

De origem francesa, a receita tradicional do brioche pode ser adaptada para ficar livre de glúten.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O brioche, pão de origem francesa, utiliza grandes quantidades de manteiga, ovo e farinha na receita tradicional. Entretanto, para deixá-la mais saudável, é possível eliminar o glúten do pão - uma ótima notícia para os celíacos ou aqueles que estão em dieta livre do componente.

Vindo da Normandia, na França do século 16, seu nome deriva da palavra "broyer", que significa trabalhar a massa com um "broye" ou "brie", uma espécie de rolo de madeira para amassar a mistura. Veja como preparar o brioche sem glúten e saiba mais sobre sua origem.

brioche

Brioche sem glúten

Ingredientes:

- 300g de mistura básica sem glúten

- 10g de fermento biológico seco

- 3 ovos

- 3 colheres de sopa de açúcar

- 3 colheres de sopa de manteiga ou margarina

- 150ml de água ou leite zero lactose

Modo de Preparo:

Junte os ovos, a manteiga, o leite e o açúcar e bata na batedeira até que fique homogêneo. Acrescente a farinha e o fermento e bata na velocidade média do aparelho. Após a massa ficar uniforme, bata na maior velocidade por três a quatro minutos.

Unte com farinha uma forma para pão e despeje a massa. Deixe a mistura descansar por 30 minutos para crescer. Preaqueça o forno a 180 graus e em seguida asse o pão de 30 a 40 minutos. Retire do forno, desenforme e deixe esfriar antes de servir.

Geleia funcional de acompanhamento

Prepare uma geleia fitness para acompanhar o brioche sem glúten. Veja a receita abaixo e deixa o pão ainda mais delicioso e saudável.

Ingredientes:

- Suco de uva Integral natural

- Semente de chia

- Linhaça marrom.

Modo de Preparo:

Despeje a quantidade desejada de linhaça e chia em um pote e cubra com o suco de uva integral. Deixe na geladeira até formar a geleia, o que equivale mais ou menos a uma noite.

Você pode usar outros sucos, caso deseje mudar o sabor. Essa receita não utiliza açúcar ou adoçante, mas, se quiser algo mais doce, prefira o açúcar mascavo ou mel no preparo.

brioche geleia

Origem do brioche na alimentação

Junto com o famoso croissant, o brioche é considerado como um componente de refeições leves, ou seja, normalmente é servido e consumido como café da manhã ou lanche da tarde, por exemplo.

A frase "Se não tem pão, que comam brioches" foi atribuída a Maria Antonieta, Rainha da França no século 16. A história conta que, durante um passeio, seu cocheiro lhe perguntou por que razão o povo era pobre, lhe dizendo que não havia pão para que comessem.

À época, as más colheitas de trigo fizeram com que o preço do pão aumentasse exageradamente. Maria Antonieta teria o respondido com a famigerada frase.

A receita original pode ser utilizada de diversas formas. Serve como base de uma sobremesa com diferentes recheios e coberturas, ou com salgados. Ainda, brioches individuais com recheios picados são outra opção.

Que tal incrementar seu lanche com essa receita? Depois nos conte o resultado! E aproveite para conferir outras dicas de alimentação aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
França
pão sem glúten
café da manhã
lanche da tarde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ