Sem Açúcar

22/08/2014 04:22 - Atualizado em 04/12/2016 06:58

Conheça os principais tipos de adoçante e faça sua escolha

Existem tipos de adoçante naturais e artificiais.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Muitas pessoas deixam de usar o adoçante por alegar que o gosto não se assemelha muito ao do açúcar. Mas a boa notícia é que o mercado já dispõe de variados tipos de adoçante para você escolher o melhor entre eles.

tipos-de-adocanteTipos de adoçante

Atualmente é possível contar com uma grande quantidade de tipos de adoçante criados a partir de edulcorantes, substâncias naturais ou artificiais responsáveis pelo sabor doce e assim são recomendados para dietas de restrição alimentar e perda de peso.

Conheça os principais tipos de adoçante:

- Sucralose

Esse adoçante é obtido a partir da cloração da sacarose, sendo o único adoçante derivado do açúcar. Resistente a altas temperaturas, a sucralose adoça cerca de 600 vezes mais que o açúcar e é livre de efeitos tóxicos, carcinogênicos, reprodutivos e neurológicos, sendo eliminado pela urina em 24 horas.

- Ciclamato

Esse é um tipo de adoçante frequentemente usado no setor alimentício, sendo aplicado em adoçantes de bebidas dietéticas, geleias, sorvetes, gelatinas pela proximidade com o sabor do açúcar refinado. É um dos adoçantes mais baratos do mercado, no entanto, deve ser evitado por hipertensos, já que costuma aparecer na forma sódica, ou seja, combinado com sódio.

- Sacarina

O tipo de adoçante artificial mais antiga geralmente é associada ao ciclamato devido ao gosto residual amargo. Entre suas principais qualidades, está o fato de que ela consegue se manter estável mesmo em altas temperaturas, podendo ser utilizada em preparações quentes, além disso, possui um poder adoçante entre 200 e 700 vezes maior que o da cana de açúcar. Em nosso organismo, ela é absorvida lentamente, mas não é metabolizada, sendo excretada de forma inalterada pelo rim.

- Aspartame

Esse tipo de adoçante é conhecido pelo uso em larga escala na indústria alimentícia, principalmente em refrigerantes diet. Além disso, talvez seja o tipo de adoçante mais apreciado devido ao seu sabor bastante parecido com o açúcar, sem apresentar residual amargo. O aspartame perde sua doçura quando submetido a altas temperaturas. Por isso, sugere-se que seja utilizado em alimentos e líquidos após a retirada do fogo.

Com um valor energético de 4 calorias por grama, o aspartame possui sabor agradável e semelhante ao açúcar branco, só que com o potencial adoçante 200 vezes maior, permitindo o uso de pequenas quantidades. No entanto, sua contraindicação é em relação aos portadores de incapacidade do organismo de metabolizar a fenilalanina, uma anomalia rara que geralmente é diagnosticada no nascimento, com o teste do pezinho. Pelo mesmo motivo, também se desaconselha o uso por grávidas.

Os melhores tipos de adoçante

Não existe um adoçante melhor do que o outro, e sim o que se adapta melhor a sua necessidade. Para descobrir o mais indicado ao seu caso, tenha em mente o conselho do Ministério da saúde, que indica o uso de adoçantes apenas para integrar tratamentos para pessoas com necessidade de perda de peso por motivos de saúde ou com restrição ao açúcar, como no caso de diabéticosA recomendação é que o uso diário excessivo ou sem necessidade pode trazer prejuízos à saúde e por isso recomenda o consumo de alimentos in natura.

E você, costuma usar adoçante no seu dia a dia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ