Sem Açúcar

02/02/2015 04:29 - Atualizado em 30/11/2016 11:18

Confira 5 dicas de alimentação para diabéticos

A alimentação para diabéticos deve ser equilibrada e livre de qualquer tipo de açúcar.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O diabetes traz diversas restrições alimentares para os portadores. Como a ingestão exagerada de alguns alimentos pode ocasionar complicações, a maioria das pessoas com a doença não sabe como organizar uma dieta saudável e equilibrada.

Porém, com alguns cuidados e adaptações na alimentação para diabéticos, é possível conviver com a doença sem problemas.

alimentacao para diabeticos

Restrições na alimentação para diabéticos

O diabetes é uma doença crônica que não tem cura, mas que, com alguns cuidados, pode ser controlada. O tipo 1, que aparece nos primeiros anos de vida, exige aplicação de insulina como tratamento. Já o diabetes tipo 2 se desenvolve ao longo da vida devido a fatores genéticos e hábitos ruins, como uma alimentação inadequada.

A principal característica da alimentação para diabéticos é que ela não pode ter açúcar. As pessoas que possuem a doença têm uma alteração no metabolismo da glicose, causada pela deficiência da produção ou da ação da insulina, que é o hormônio responsável pela diminuição da taxa glicêmica no sangue.

Outro cuidado importante é que seja feita uma distribuição adequada da alimentação diária. Para que não ocorram episódios de hipoglicemia ou hiperglicemia (falta ou excesso da substância), a pessoa deve fazer de cinco a seis refeições por dia, a cada três horas, com alimentos variados e em pequenas quantidades.

Dicas de alimentação para diabéticos

Na alimentação para diabéticos, não pode haver qualquer tipo de glicose. É proibido o consumo de açúcar, mel, geleia, produtos de confeitaria e pastelaria, refrigerantes, chocolates, balas, sorvetes e frutas em calda.

Frutas secas ou muito doces também são vetadas. É o caso da banana, do figo e da uva, por exemplo. Confira cinco dicas de como manter um cardápio mais saudável.

1. Extinção do açúcar

O primeiro passo na alimentação para diabéticos é eliminar totalmente o açúcar. Mel, açúcar mascavo, açúcar cristal, açúcar orgânico e todas as preparações que levam esses ingredientes devem ser evitados.

2. Atenção às informações nutricionais

É importante que os diabéticos sempre leiam as informações nutricionais presentes nos rótulos dos alimentos, principalmente de produtos industrializados. O açúcar pode aparecer com o nome de glicose, xilitose, frutose, maltose ou açúcar invertido.

3. Cuidados com carboidratos

Também não é permitido misturar e nem repetir os carboidratos na mesma refeição. Opte sempre pelos carboidratos integrais, como pão integral, macarrão integral, aveia e granola. As fibras presente nesses alimentos também ajudam a liberar o açúcar no sangue aos poucos, controlando os níveis de glicose.

4. Ingestão de frutas

As frutas são opções doces que podem ser consumidas com moderação, na alimentação para diabéticos. É indicado comer cerca de três frutas por dia, mas uma de cada vez e com intervalo mínimo de três horas.

5. Diferença entre light e diet

Os diabéticos devem saber a diferença entre light e diet. Um alimento indicado como light tem redução de pelo menos 25% do açúcar ou de outro ingrediente. Já o diet representa a ausência total da substância. Para as pessoas com diabetes, a opção correta é a diet.

Gostou das dicas de alimentação para diabéticos? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
restrição alimentar
diabetes
dieta sem açúcar
alimentação saudável

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ