Receitas Saudáveis

09/07/2014 04:00 - Atualizado em 03/12/2016 08:53

O melhor do milho: aprenda a fazer pamonha light

Pamonha light tem apenas 124 calorias.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Um dos quitutes mais apreciados no Brasil é a pamonha. Comum em diversas regiões do País, principalmente nos estados de Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Tocantins e em algumas cidades do nordeste, esse prato apresenta diferentes formas de preparo, podendo ser doce ou salgado e até mais leve, com a pamonha light. Uma versão para se deliciar sem culpa e, é claro, sem perder o sabor.

Do milho à pamonha light

Antes de mais nada, saiba que tradicional ou light, o ingrediente principal da pamonha é um só: o milho. Este tipo de grão possui boa quantidade de vitamina B1, a qual colabora com o sistema nervoso e o aparelho digestivo, além de tonificar o músculo cardíaco. A vitamina E presente no milho constitui-se de um antioxidante que combate a degeneração muscular, protege o sistema reprodutor pode incrementar a potência sexual. O fósforo, importantíssimo para o cérebro, também está presente nesse alimento.

Foto: Shutterstock

Diferentes variedades de milho. Foto: Domínio público

Originário das Américas, o milho configurou-se de pilar da alimentação das populações indígenas. Presente tanto nas civilizações Inca quanto Maia, e nas culturas dos Índios Americanos aos Tupis, pode ser classificado como um alimento de importância crucial para o continente inteiro.

Dessas culturas antigas, herdamos centenas de receitas baseadas no milho. O nome "pamonha", oriundo da palavra tupi pa'muña, significa "pegajoso". Na América do Sul, a pamonha foi introduzida pelos escravos africanos. Mas o milho domesticado no México e irradiado para a Cordilheira dos Andes já havia levado ao conhecimento dos índios andinos a pamonha há mais de 5 mil anos. 

A forma tradicional de preparação da pamonha no nosso País tem a massa resultante de milho verde ralado, que é misturado ao leite (ou leite de coco), sal (ou açúcar), manteiga, canela e erva-doce. Posiciona-se esta massa em tubos criados com a casca do milho (ou com folha de bananeira), nas extremidades. As pamonhas são cozidas até que sua massa atinja consistência firme.

Receita de pamonha light

Se você está sempre de olho nas calorias, não precisa se preocupar. A pamonha ganhou uma versão mais leve: a pamonha light (124 por porção).

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

A pamonha light leva quatro espigas de milho verde com a palha, adoçante em pó (opcional), leite desnatado e açúcar mascavo, que ajuda a segurar a fome por mais tempo. A preparação é rápida e leva apenas 45 minutos para ficar pronta. Rende quatro porções.

Na hora de iniciar a preparação da pamonha light, trate de ralar as espigas. Então bata os grãos pulsando no liquidificador ou no processador de alimentos até que seja formada uma pasta grossa. Depois disso, misture adicionando leite, açúcar e o adoçante.

Agora você deve lavar a palha do milho e, então, passar por água fervente. Feito isso, coloque uma dentro da outra, formando um saco, e dobre uma das extremidades ou amarre com uma tira de palha. Assim, crie quatro sacos.

Dividindo o recheio, coloque em cada saco. Então dobre ou amarre a outra extremidade. Caso opte por dobrar as extremidades, amarre a superfície para prender bem.

Por fim, em panela com água fervente, deixe a pamonha para cozinhar durante meia hora. Findos os 30 minutos, é hora de retirar e aguardar um pouquinho antes de servir. Pronto, agora você já pode experimentar a sua pamonha light.

Você já testou essa receita, ou algo parecido? Conte-nos um pouco do que você achou, ou se tiver alguma outra dica de receita light e saudável conte-nos.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ