Dra. Renata Rodrigues de Oliveira

ESPECIALIDADE

Nutrição

ONDE ATENDE

Instituto Mineiro de Endocrinologia - Rua Alagoas, 601 - Savassi - Belo Horizonte

Dra. Renata Rodrigues de Oliveira

Apresentação

Nutricionista formada pela UNI-BH, especialista em Nutrição Clínica (Faculdade São Camilo), em Fisiologia do Exercício Avançada (Instituto Aleixo) e em Obesidade e Emagrecimento (Estácio de Sá). Atualmente, pós-graduanda em Alimentos Funcionais e Nutrigenômica (Estácio de Sá).

O que Trata

Alimentação.
 

Formação Acadêmica

Possui cursos de Personal Diet, Atendimento em Consultório, Dietoterapia na Prática Clínica e Nutrição em Cirurgia Bariátrica.

Cargos e Títulos

Membro do Instituto Mineiro de Endocrinologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), Especialista em Nutrição Clínica, Fisiologia do exercício e Obesidade e emagrecimento; colunista convidada de sites e publicações de vida saudável.

Se sua dúvida for escolhida, ela vira artigo aqui no portal e ajuda milhares de pessoas.

Receitas Saudáveis

30/11/2015 11:57 - Atualizado em 04/12/2016 10:52

Aprenda a substituir ingredientes com criatividade

Você já pensou em trocar leite por inhame? Ou ovo por iogurte? Essas e outras receitas podem fazer parte do seu dia a dia.

POR

Dra. Renata Rodrigues de Oliveira

  • +A
  • -A

Muitas pessoas, por intolerância ou alergia alimentar, ficam impossibilitadas de consumir certos alimentos. Porém, a grande maioria deles faz parte de inúmeras receitas. Para que sua alimentação não fique muito restrita, é importante conhecer alguns substitutos dos ingredientes mais comuns. Além de variar o cardápio, até as pessoas que não tem alergia podem começar a usá-los, tanto para facilitar a vida quanto para experimentar novos alimentos.

Leite de vaca

Embora o leite de vaca esteja presente na maioria das sobremesas brasileiras, sua substituição é bastante fácil, já que sua principal função nas receitas é acrescentar umidade. O leite de vaca pode ser substituído em igual quantidade por leites vegetais, sucos de frutas e vegetais ou até mesmo água.

Principais leites vegetais:

Leite de coco: é rico em gordura e acrescenta cremosidade à receita. Tem sabor marcante e pode ser comprado industrializado ou feito em casa.

Leite de amêndoas: também acrescenta cremosidade, tem sabor marcante mas não tanto quanto o do leite de coco. Os industrializados costumam ser adoçados e por isso não são muito indicados para receitas salgadas. Pode ser feito em casa por um valor bem menor do que o industrializado.

Leite de arroz: tem o sabor mais suave. A versão industrializada tem textura melhor para receitas do que sua versão caseira.

Os leites de soja, avelã, inhame, aveia, quinoa, entre outros, também podem ser usados em receitas.

Saiba Mais
Embutidos: Evite e tenha uma alimentação mais saudável
Alimentação e descanso são segredos de uma pele saudável
Alimentação saudável: Como planejar para seu filho?
Veja como incluir o ácido fólico na sua alimentação

Trigo

A farinha de trigo é um dos principais ingredientes da confeitaria. Seu sabor é neutro e não altera as receitas, porém o glúten é muito importante para a estrutura das massas. Ele ajuda tanto a dar maciez e umidade aos bolos, quanto a dar elasticidade a pães e pizzas, por isso muitas receitas “sem glúten” pedem uma mistura de farinhas e féculas. Em geral, as farinhas servem para estruturar a massa e as féculas e amidos são usados para espessar e dar elasticidade aos preparos.

 

Farinhas sem glúten mais utilidades em confeitaria: farinha de arroz, de milho (fubá), de quinoa, de amaranto, de grão de bico, de feijão branco, de amêndoas e de coco.

 

Manteiga

É o ingrediente mais utilizado para acrescentar gordura a bolos e biscoitos, porém pode ser facilmente substituída por óleo ou creme vegetal. Mas, a melhor gordura a ser utilizada como substituto é a gordura de coco. Essa tem textura similar a da manteiga e pode ser aquecida altas temperaturas com segurança sem perder o valor nutricional.

Ovos

Além da função de “dar liga”, os ovos acrescentam ar à massa, deixando bolos altos e leves. Com isso, pode-se substituir os ovos de acordo com a sua função na receita.

 

Para emulsionar:

Purê de maçã: cada ovo pode ser substituído por ¼ de xícara.

Banana: cada ovo é igual a ½ banana amassada.

Farinha de linhaça: misture 1 colher de sopa de linhaça triturada (pode ser a dourada) + 3 colheres de sopa de água e aguarde 15 minutos. Essa mistura é igual a 1 ovo.

Iogurte: cada ovo é igual a ¼ de xícara de iogurte.

 

Para aerar:

Bicarbonato de sódio e vinagre branco: adicione o bicarbonato de sódio aos ingredientes secos da receita e acrescente os ingredientes úmidos, deixando o vinagre por último. A reação química entre esses ingredientes irá criar bolhas de ar na massa que resultam em leveza no produto final. Uma colher de chá de bicarbonato de sódio + 1 colher de chá de vinagre branco substituem 1 ovo.

Fermento químico: aumentar em 1 colher de chá a quantidade de fermento químico que a receita já pede substitui a função de aerar de 1 ovo.

Agar-ágar: é gelatina vegetal derivada de uma alga marina e tem sabor neutro. Para ser utilizada em receitas que peçam “claras em neve”, deve-se dissolver 1 colher de sopa de agar-ágar em 1 colher de sopa de água quente e bater com um batedor manual ou batedeira, deixar a mistura esfriar e bater novamente.


Fica a dica:

É indicado substituir os ovos em receitas que peçam apenas 1 ou 2 ovos. Para doces portugueses, por exemplo, que tem ovos como base, esses substitutos não são indicados.

 

Qual o assunto você deseja que a Dra. Renata Oliveira elabore no Vivo Mais Saudável? Avise aqui para gente.

 

Vivo Mais Saudável.

Informação que faz bem.

TAGS
nutricionista
ingredientes
alimentação
ovo
receita

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ

Veja Também