É Bom Pra Quê?

29/07/2014 09:00 - Atualizado em 19/11/2016 10:44

Um dos segredos da longevidade? Conheça o umeboshi

Tradicional no Japão, umeboshi oferece diversos benefícios à saúde.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Um dos muitos “segredos” da longevidade dos japoneses, o umeboshi é uma especialidade culinária que, de acordo com a crença oriental, propicia uma vida próspera e saudável para quem o consome.

O que é o umeboshi

O umeboshi é uma forma de conserva da fruta umê (Prunus mume), quase desconhecido entre os brasileiros, mas muito difundido nos países asiáticos. É admirado menos pelo seu sabor e mais devido às suas propriedades nutracêuticas.

A aparência do umeboshi é esta aqui:

Umeboshi
Aspecto e sabor do umeboshi não são muito inspiradores. Foto: Shutterstock

A origem do umê é chinesa, mas foi no Japão que surgiu o umeboshi – a versão desidratada da fruta, na qual ela é mantida em salmoura e depois seca ao sol. O processo também pode receber folhas de shissô. Apesar de ser frequentemente associada à ameixa, o umê é parente mais próximo do damasco.

Modo de consumo

Como o umeboshi possui um sabor muito ácido, salgado e azedo ao mesmo tempo, o seu consumo in natura não é recomendado, por não ser muito agradável. Não dá para comer como se fosse uma maçã ou uma banana, por exemplo.

A dica é picar o umeboshi e misturá-lo a outros alimentos, como o arroz integral, carnes ou à salada mista, por exemplo. Casa melhor com pratos salgados, mas vai da preferência de cada um – nada impede de misturá-lo com sorvetes, geleias e refrescos.

Benefícios do umeboshi

O nosso organismo precisa ter um pH equilibrado para que funcione com perfeição. O do sangue é de aproximadamente 7,4, ou seja, levemente alcalino. Excesso de ácido na nossa alimentação pode afetar esse pH sanguíneo, deixando-nos mais sucetíveis a doenças infecciosas, hepáticas e ao envelhecimento precoce.

E por isso que o umeboshi tem a fama de contribuir para a longevidade. Ele tem uma série de substâncias que neutralizam o excesso de ácido no sangue, além de ter um poder antioxidante que combate os radicais livres, moléculas que aceleram o envelhecimento.

O umeboshi ainda é antisséptico, contendo substâncias antibióticas – confirmadas por pesquisas científicas –, que têm o potencial de destruir os agentes da disenteria e bactérias da tuberculose, por exemplo. O umê seco também é riquíssimo em proteínas e minerais – principalmente cálcio, ferro, fósforo, ácido cítrico e ácido fosfórico.

Outros benefícios do umeboshi são:

- Prevenção do estresse e do cansaço

- Alívio da acidez estomacal

- Regulação dos processos intestinais e digestivos

- Prevenção de enjoos

- Combate ao mal estar durante a gravidez

- Alívio das dores de cabeça

- Reduz a celulite

- Diminui o risco de problemas cardíacos.

Ou seja, não faltam motivos para integrar essa fruta à sua dieta.

O consumo recomendado é de uma unidade diária de umeboshi. Como inclui o sal em seu processo de conserva, recomenda-se, principalmente a quem sofre de problemas de pressão alta, que moderem no seu consumo.

Também não se aconselha que a mãe consuma o umeboshi durante a lactação. Da mesma forma, pacientes com gastrites e úlceras não devem consumir a fruta.

Vivo Nutrição: Dicas semanais para uma alimentação mais saudável

Você já chegou a experimentá-los? Já tinha ouvido falar deste alimento antes? Quais outros alimentos saudáveis você sugere?

TAGS
comida japonesa
benéfico à saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ