É Bom Pra Quê?

14/02/2015 11:43 - Atualizado em 24/11/2016 10:46

Saiba mais sobre os glicídios e veja como controlá-los

Conhecidos como carboidratos, os glicídios garantem energia para o dia a dia.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os tão famosos carboidratos também podem ser chamados de glicídios. As moléculas orgânicas dão aquele gás e energia para fazer as atividades diárias. Encontradas em pães, massas, arroz e outros alimentos, essas substâncias são consideradas vilões da dieta. Saiba como os glicídios agem no organismo e quais cuidados você deve ter ao ingeri-los.

glicidios

Categorias dos glicídios

Os glicídios se dividem entre monossacarídeos, dissacarídeos ou polissacarídeos. Confira mais sobre cada categoria.

Monossacarídeos

São classificados a partir da quantidade de moléculas de carbono existentes em sua formação. Podem ser triose, tetrose, pentose, hexose e heptose, ou seja, conter de três a sete carbonos. A conhecida glicose, por exemplo, é uma hexose.

Dissacarídeos

São formados por meio da junção de dois monossacarídeos. Os dissacarídeos mais conhecidos são a sacarose (glicose e frutose), a lactose (glicose e galactose) e a maltose (duas glicoses). A sacarose é encontrada em vegetais como a beterraba, naturalmente doces.

Polissacarídeos

São constituídos de diversos monossacarídeos. Amido e glicogênio são alguns deles.

Como apostar nos glicídios em sua dieta?

Separamos algumas dicas essenciais para quem deseja apostar em um estilo de vida saudável. Confira as sugestões e mude o seu modo de encarar os carboidratos.

Apesar do que muitos pensam, os carboidratos não são vilões da dieta. Garantindo energia e força para passar o dia a dia, os alimentos ricos em glicídios devem ser consumidos em quantidades calculadas. Por exemplo: no almoço, você deve comer quatro colheres de arroz integral, sem apostar em qualquer outro tipo de carboidrato.

As dietas sem carboidratos são extremamente prejudicais à saúde. Se você está pensando em cortar todos os glicídios do seu cardápio, esqueça. Eles são importantes para a sua saúde e lhe deixam com energia para fazer as atividades diárias. Para emagrecer, os carboidratos de sua dieta devem ser ricos em fibras.

Antes de começar a diminuir a ingestão de carboidratos, consulte um nutricionista. Ele irá verificar quais são as suas necessidades e quantos quilos de massa gorda (gordura) você deve perder. Além disso, ao longo do tempo, sua dieta pode ser mudada para que os resultados se mantenham.

Exercícios físicos são importantes para quem costuma apostar nos glicídios. Fazer atividades aeróbicas pelo menos três vezes por semana, além de emagrecer, evoca aquela sensação de bem-estar. Se você não gosta de correr, aposte nas caminhadas de 30 minutos.

Para emagrecer com saúde, a melhor fórmula é a diminuição dos carboidratos ao longo do dia. Exemplo: consuma os carboidratos desde a manhã até as 18h. No jantar, coma apenas um filé de carne magra e saladas diversas. Na ceia, a dica é tomar um shake de proteína sem carboidratos. Ao longo do tempo, você irá notar os resultados.

Antes e depois de treinar, você necessita saborear pratos com carboidratos. A dica é comer arroz integral ou batata doce com filé de frango. Para quem prefere os shakes de proteína, é só adicionar uma banana e algumas colheres de aveia.

Gostou das dicas de alimentação? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
carboidratos
dietas
nutricionista
energia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ