É Bom Pra Quê?

25/07/2015 11:20 - Atualizado em 06/12/2016 09:30

Óleo de peixe ajuda a regular os hormônios da tireoide

Rico em ômega 3, o óleo fortalece os sistemas imunológico, cardiovascular e nervoso.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quando a alimentação não é suficiente para suprir as necessidades do organismo, é indicado buscar suplementos que possuam nutrientes importantes para o funcionamento do organismo. Uma das opções é o óleo de peixe, rico em ômega 3 e responsável por trazer uma série de benefícios para a saúde.

O óleo pode ser consumido em formato de cápsulas, que fortalecem os sistemas imunológico, cardiovascular e nervoso. Além disso, ainda regulam os hormônios da tireoide, ajudando no tratamento no controle de doenças da glândula.

Benefícios do óleo de peixe

O óleo de peixe, extraído do tecido de peixes como salmão, atum e sardinha, possui como principal benefício a presença de ômega 3. Esse ácido graxo é uma das gorduras boas essenciais para o tratamento das inflamações e infecções do organismo, além de ajudar no controle do sistema imunológico e cardiovascular.

oleo de peixe

O ômega 3 é um ótimo aliado para proteger o coração, pois diminui a coagulação do sangue, prevenindo o entupimento dos vasos sanguíneos. As substâncias presentes na gordura reduzem os níveis do colesterol ruim, auxiliando no controle da pressão arterial. O aumento da fluidez sanguínea e o desentupimento de vasos também diminui os riscos de AVC.

Ainda, ajuda a manter os ritmos cardíacos regulares e facilita uma maior variabilidade entre os batimentos, reduzindo o risco de arritmia. As propriedades do óleo de peixe também são anti-inflamatórias e contribuem para o tratamento de artrite, asma e disfunções intestinais.

Outro benefício é a proteção contra a degeneração macular dos olhos, condição em que a visão fina se deteriora, resultando em perda da visão central. O problema pode ocorrer como uma consequência do processo de envelhecimento do corpo, sendo a principal causa de cegueira em pessoas acima de 50 anos.

O consumo do óleo de peixe estimula a produção de colágeno da pele, combatendo a flacidez e proporcionando um aspecto mais firme e jovem. Promove também uma limpeza nos folículos capilares, estimulando o crescimento saudável e forte dos fios, além de evitar a queda de cabelo.

Para o sistema nervoso, as melhoras podem ser percebidas na memória, no raciocínio e na concentração. Com o aumento do fluxo sanguíneo, a substância protege e estimula a função cerebral, contribuindo até mesmo para a prevenção da depressão e de transtornos mentais.

Além de todos esses benefícios, o óleo ainda pode ajudar no tratamento contra a tireoide. Quem sofre com esse problema tem dificuldades para perder peso, sente muito sono e ainda tem cabelos e unhas fracas. Mas, segundo uma pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro, o óleo de peixe é capaz de regular os hormônios da glândula responsáveis por equilibrar as taxas de colesterol e triglicérides.

Saiba como utilizar

O óleo, vendido em cápsulas, pode ser encontrado em casas de produtos naturais ou em farmácias de manipulação. Para garantir os benefícios, é preciso escolher um produto confiável. Por isso, procure saber qual é a sua origem, de quais peixes é feito, qual o nível de pureza e se realmente possui ômega 3.

Em geral, o consumo de cápsulas de óleo de peixe é indicado para dietas pobres em ácidos graxos. Cada cápsula de um grama deve conter cerca de 600mg de ômega 3, sendo recomendado um consumo mensal de 60 cápsulas. São duas por dia antes das principais refeições, - almoço e jantar.

Contudo, é importante sempre buscar orientação médica antes de optar por uma suplementação alimentar, pois o profissional vai prescrever o melhor produto e a maneira correta de ingerir, de acordo com cada caso.

Você consome o óleo de peixe? Percebe algum resultado? Conte para nós! E continue acompanhando o Vivo Mais Saudável para conferir mais dicas de saúde e alimentação.

TAGS
tireoide
memória
coração
flacidez

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ