É Bom Pra Quê?

19/02/2016 03:00 - Atualizado em 07/12/2016 11:18

Moringa é um elixir contra a desnutrição

Planta nativa da Ásia tem quatro vezes mais cálcio que o leite de vaca.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quem olha para as folhas pequeninas da Moringa oleifera jamais imagina que a planta é uma poderosa arma contra uma das maiores mazelas da humanidade: a desnutrição. Com uma composição nutricional riquíssima e de fácil cultivo, o vegetal, nativo do Himalaia indiano e bastante cultivado na África tropical, vem se tornando cada vez mais popular no mundo inteiro.

Mas é claro que o consumo da planta não é recomendado apenas para quem está desnutrido, e sim para todos que buscam uma dieta rica em nutrientes e aminoácidos. Incluí-la nas refeições é uma ótima maneira de alcançar uma alimentação equilibrada.

Na Índia, é comum usar a moringa em saladas, refogados e curries (tradicional mistura de especiarias), ou como um suplemento alimentar altamente nutritivo. Também podem ser consumidas as sementes no estado imaturo, como ervilhas, ou no estado maduro, torradas, como amendoim. O chá pode ser preparado com as folhas secas, mas é no estado fresco que o potencial de nutrição é maior.

moringa

Moringa tem mais cálcio que o leite

Lembra quando sua mãe insistia para você tomar leite, por ser rico em cálcio e fortalecer os ossos? De fato, o mineral é essencial para nosso organismo, mas o leite está longe de ser a sua principal fonte.

Enquanto há pouco mais de 100 miligramas de cálcio em cada 100 gramas de leite de vaca, nas folhas frescas da moringa esse número chega a 440 miligramas, de acordo com o estudo do Dr. Coluthur Gopalan, da Academia Nacional de Ciência da Índia.

Na mesma quantidade, de acordo com a tabela de Gopalan, há 259 miligramas de potássio e 220 miligramas de vitamina C. Há ainda 6,7 gramas de proteínas e 0,9 grama de fibras.

Se você não tem a referência, esses números podem não dizer muita coisa. Por isso, a organização Trees For Life, em uma publicação internacional de divulgação dos benefícios da planta, expôs da seguinte maneira:

- 7 vezes a vitamina C de laranjas

- 4 vezes a vitamina A da cenoura

- 4 vezes o cálcio do leite

- 3 vezes o potássio de bananas

- 2 vezes a proteína do iogurte.

Diante desses números, fica fácil entender por que ela é chamada por muitos de “planta milagrosa”.

Planta é usada no combate à desnutrição

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, mais de 178 milhões de crianças em todo mundo sofrem de desnutrição. Ampliar o consumo do vegetal é uma maneira viável de combater essa triste mazela.

Por ser fácil o seu cultivo em países tropicais, é a solução ideal, segundo o autor Lowell J. Fuglie, em A Árvore Milagrosa – Moringa oleifera: Nutrição natural para os Trópicos: “A maior vantagem da moringa é o fato de ser um recurso local. Isso contrasta com muitos programas de combate à desnutrição que dependem de produtos importados e ajuda externa”, escreveu.

Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), no estudo Moringa oleifera - Uma Planta de Uso Múltiplo, é possível cultivá-la em condições extremas de clima e solo, com o mínimo de cuidados horticulturais.

Como se tudo isso já não fosse o suficiente, as sementes da planta ainda podem ser usadas para tornar potável a água de rios. O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) obteve ótimos resultados aplicando o pó da semente em amostras do Rio Negro. Em poucos minutos, o produto absorveu o barro e bactérias da água.

Não é mesmo uma planta milagrosa? Se você gostou do artigo, compartilhe o conteúdo com seus amigos nas redes sociais! E não se esqueça de deixar um comentário abaixo e contribuir para a troca de ideias. Aproveite também para conferir outras dicas de saúde e alimentação aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
cálcio
nutrição
plantas tropicais
vitaminas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ