É Bom Pra Quê?

07/06/2015 09:37 - Atualizado em 03/12/2016 08:03

Geleia real é cicatrizante e ajuda a combater doenças

Alimento das abelhas-rainhas garante corpo e pele saudáveis por mais tempo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O alimento das abelhas-rainhas pode ser muito benéfico também para você. Conhecida por geleia real, ela é uma espécie de secreção gelatinosa fabricada pelas abelhas jovens. Enquanto as operárias vivem seis meses, a abelha-rainha tem até cinco anos de vida a mais por se alimentar dessa substância.

A geleia real é facilmente introduzida na dieta, sendo indicada para pessoas com gastrite, em função das suas propriedades antibacterianas e cicatrizantes. Rica em vitaminas, carboidratos, minerais e proteínas, combate o cansaço físico e mental, diminuindo taxas de colesterol ruim. Para quem tem anemia ou reumatismo, ela também ajuda na recuperação.

Saiba mais sobre esse composto e aproveite seus benefícios.

Organismo fortalecido com geleia real

No inverno, a geleia real pode estimular o sistema imunológico, fortalecendo o organismo contra gripes. Além disso, ela controla o metabolismo e o gasto de energia, e ajuda no tratamento de úlceras, diabetes e doenças degenerativas, protegendo a mucosa gástrica. Sua ação anti-inflamatória é também antioxidante, o que proporciona uma pele mais bonita e saudável.

geleia real

Para a saúde do cérebro, a geleia é excelente porque estimula o crescimento de células estaminais neurais, que auxiliam na prevenção de doenças degenerativas, como Alzheimer e Parkinson. Além disso, possui propriedades cicatrizantes que melhoram a aparência de lesões.

Eficaz contra ação de bactérias, a substância é um antibiótico natural, que pode funcionar também para prevenir diferentes tipos de câncer.

Aliada das mulheres, a geleia real atua na fertilidade, melhorando a qualidade dos óvulos e estimulando os órgãos reprodutores. Também é eficaz no controle da tensão pré-menstrual (TPM), combatendo e aliviando os sintomas.

O ideal é consumir a geleia pela manhã, ainda em jejum, ou antes de dormir. O recomendável para ingestão são 3 gramas diários, o suficiente para aproveitar os benefícios proporcionados pela substância. Utilize uma colher de plástico ou madeira para retirar a quantidade que irá comer.

Ela pode ser encontrada em cápsulas ou in natura, em lojas especializadas em produtos naturais e em algumas farmácias. Antes de usá-la, verifique se você não tem alergia a abelhas ou mel, pois o produto é derivado desses insetos.

Geleia real e os benefícios para a pele

O uso da geleia real não se limita à alimentação. Diversos cosméticos são produzidos com base na substância para amenizar espinhas, combater rugas e flacidez da pele, tonificar o rosto, reduzir aftas e dar vitalidade aos cabelos.

Contra a acne, as vitaminas do complexo B presentes na geleia conseguem melhorar os processos inflamatórios, diminuindo a aparência de espinhas. Já para as marcas de envelhecimento, a substância atua estimulando a produção de colágeno, que proporciona sustentação à pele.

Rica em vitamina C, ela também combate radicais livres com suas propriedades antioxidantes, deixando a pele mais limpa, lisa e macia. Os agentes anti-inflamatórios da geleia ajudam a cicatrizar e curar aftas na boca. Aplique-a com cotonete no local da ferida.

Para os cabelos, a substância proveniente das abelhas é capaz de repor a massa capilar que se perde com o uso de química, com o ressecamento por uso do secador e com a exposição ao sol. Misturando-a em máscaras capilares, é possível potencializar a absorção de nutrientes e deixar o cabelo com mais brilho e vitalidade.

Você já conhecia todos esses benefícios da geleia real? Deixe seu comentário! E continue acompanhando as novidades de beleza e alimentação do Vivo Mais Saudável.

TAGS
mel
pele
diabetes
antioxidante

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ