É Bom Pra Quê?

04/08/2015 10:02 - Atualizado em 22/11/2016 05:05

Desvende mitos e verdades sobre o micro-ondas

Fique por dentro dos benefícos e malefícios do eletrodoméstico e saiba como utilizá-lo de forma correta e saudável.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O modo de preparo pode modificar a cor, a textura, o aroma e o sabor dos alimentos. Frituras, assados e refogados se diferem, assim como os pratos preparados no forno de micro-ondas.

O eletrodoméstico se popularizou por sua funcionalidade e pela praticidade no dia a dia. Descongelar carnes ou simplesmente fazer pipoca de uma forma mais rápida são grande atrativos do produto.

No entanto, as teorias sobre os possíveis malefícios do micro-ondas geram dúvidas para muita gente. Afinal, ele diminui os nutrientes dos alimentos? Causa danos à saúde? O Vivo Mais Saudável buscou respostas para mitos e verdades que envolvem o eletrodoméstico.

micro-ondas

Micro-ondas: Usar ou não usar?

Assim como qualquer outro método que envolva fortes quantidades de calor, o micro-ondas colabora na alteração da química do alimento, incluindo a perda de alguns nutrientes. Porém, o mesmo ocorre quando você cozinha algo na panela ou no forno elétrico.

Apesar de muitos acharem que o micro-ondas acaba com as vitaminas e minerais, o utensílio é um dos que mais os mantêm intactos. Porém, como o eletrodoméstico é usado muitas vezes pela requentar a comida, acaba eliminando mais nutrientes, além daqueles perdidos durante o preparo da refeição.

Para garantir uma alimentação mais saudável, o ideal é consumir os produtos em seu estado natural e, quando isso não for possível, evitar aquecê-los mais vezes.

Outro motivo que gera preocupação no uso do eletrodoméstico gira em torno das ondas de radiação. Apesar de muitas pessoas acreditarem que os alimentos absorvem as ondas emitidas pelo forno, isso não acontece de fato. O aparelho faz com que as moléculas de água se agitem, aquecendo-as. Após o desligamento, com o corte de emissão de ondas, elas desaparecem por completo.

Outro possível problema do forno de micro-ondas é que o cozimento nem sempre se dá de maneira uniforme. Isso faz com que certos micro-organismos se mantenham vivos na comida.

Cuidados no manuseio do equipamento

Além de estar atento ao modo de preparo da refeição, é muito importante utilizar o micro-ondas de forma segura. O utensílio pode causar problemas pela má utilização, especialmente queimaduras.

Recomenda-se muito cuidado na utilização de recipientes de vidro, pois aquecem facilmente e podem, inclusive, partir-se dentro do aparelho. O mesmo ocorre com pratos, potes ou xícaras de cerâmica. Esses materiais atingem temperaturas altas e podem ser perigosos para o manuseio com as mãos.

Os objetos de metal devem ser evitados, pois pode haver fluxos de corrente elétrica e reflexão das ondas, impedindo o uso do forno. Já os recipientes de plástico devem ser escolhidos com atenção, pois existem tipos específicos para o uso.

Para uma alimentação saudável, uma dieta equilibrada e bem preparada é essencial, com ou sem o uso do micro-ondas.

Você tem o costume de utilizar o aparelho diariamente? Ou acredita que possa ser prejudicial? Deixe sua opinião nos comentários! E continue de olho no Vivo Mais Saudável para conferir mais dicas de saúde e alimentação.

TAGS
nutrientes
nutrição
radiação
forno de micro-ondas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ