É Bom Pra Quê?

12/06/2014 09:00 - Atualizado em 07/12/2016 09:07

Castanha de baru é saborosa e fortalece o sistema imunológico

Castanha de baru previne hipertensão e combate anemia.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já ouviu falar na castanha de baru? Trata-se da semente do fruto do baru, uma árvore típica do fascinante bioma do Cerrado, típica da região Centro-Oeste do Brasil. É uma iguaria saborosa e nutritiva, cujo gosto lembra o do amendoim e da castanha-de-caju. Sua extração é feita com uma ferramenta especial, que quebra o seu duro caroço, e sua safra se dá entre os meses de setembro a outubro.

Conheça a castanha de baru

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Além de deliciosa, a castanha de baru traz inúmeros benefícios à saúde. Ela possui grande potencial antioxidante, podendo combater o acúmulo de gordura no corpo, processos inflamatórios e doenças crônico-degenerativas, como artrite, diabetes, hipertensão e enfermidades cardiovasculares. É uma ótima aliada do nosso sistema imunológico e um alimento energético, bom para pessoas que praticam exercícios.

Quadro nutricional da castanha de baru

castanha de baru vem sendo utilizada no estado de Goiás no combate à anemia, por possuir grande quantidade de ferro. Também tem proteínas, fribas, potássio e zinco, o que lhe confere até a fama de alimento afrodisíaco. Por ser uma oleaginosa, recomenda-se que seu consumo seja moderado.

Com Ômega 6 e 9, a castanha ajuda a prevenir hipertensão, a regularizar os níveis de glicose, reduzir a gordura abdominal e o colesterol ruim (LDL) e total. É também uma poderosa antioxidante e auxilia na cicatrização.

Castanha de baru é multiuso

Além de ter alto valor energético, a castanha de baru é rica em zinco, mineral importante na fertilidade masculina e feminina. Por isso, tem recebido a alcunha de “viagra do cerrado”, ganhando fama de afrodisíaco. O fruto também vem sendo usado na fabricação de cosméticos. Os produtos a base do baru são concorrentes a substituto do óleo de argan, ajudando a regenerar os cabelos e sendo utilizados no tratamento capilar de fios agredidos por ações químicas ou superexposição ao sol. Atuam restaurando e revitalizando os cabelos, trazendo brilho e combatendo as pontas duplas.

Consumo da castanha de baru

A castanha de baru pode ser comprada em lojas e sites especializados em produtos naturais. Fique atento para a aparência do fruto, que deve estar fresco. Ele não deve conter pontos esbranquiçados, que são sinal de que a castanha já teve contato com bactérias ou fungos, que podem ser prejudiciais à saúde. Se você vai adquirir o produto industrializado, é recomendável que seja armazenado em embalagens a vácuo. Armazene as castanhas em refratários escuros e guarde em local seco e arejado. Isso ajudará a conservar o ômega 6 e 9.

Evite o consumo da castanha de baru crua. A iguaria deve ser consumida torrada ou cozida, o que facilita a sua digestão, inativando substâncias que reduzem a absorção dos seus nutrientes benéficos. Ela pode ser utilizada no preparo de vários pratos, como pé de moleque, paçocas, bombons, geleias, bolos e outros doces, caso torrada; ou em sopas, caldos, no arroz ou refogada com vegetais, caso cozida. Também pode ser consumida a polpa do fruto do baru. Ela é utilizada para fazer doces, geleias, licores e até mesmo sorvetes.

Se você gostou da matéria e quer compartilhar com agente a sua opnião, deixe seu comentário.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ