É Bom Pra Quê?

21/10/2014 01:00 - Atualizado em 20/11/2016 08:30

Cafeína no esporte: Uso adequado pode melhorar rendimento

Cafeína no esporte diminui a percepção do esforço físico.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Muita gente conhece os efeitos da cafeína no organismo, como a propriedade do composto químico de atuar no sistema nervoso central, aumentando o estado de alerta. Tomar uma xícara de café para espantar o sono e melhorar a concentração no trabalho ou na aula tornou-se uma prática relativamente comum em escritórios e universidades, por exemplo. Mas, quando o assunto é cafeína no esporte, o tema ainda está envolto em mitos.

Cafeína estimula a atenção

A cafeína é um composto químico que estimula a produção de dopamina, um neurotransmissor responsável pela ativação de áreas do cérebro relacionadas à atenção. A substância pode ser encontrada em plantas, tais como:

- Café: sementes da Coffea arabica

- Cacau: frutos da Theobroma cacao

- Erva-Mate: folhas e talos da Ilex paraguariensis

- Guaraná: frutos da Paullinia cupana

- Chá: folhas da Camellia sinensis

- Cola: na Cola acuminata.

cafeina-no-esporte

Ingestão de cafeína no esporte pode diminuir a percepção de esforço

No que diz respeito aos benefícios do consumo de cafeína no esporte, o principal diferencial é a capacidade de diminuir a percepção de esforço ao exercício físico. Dessa forma, é possível realizar mais atividades ou com mais intensidade, pois a prática torna-se perceptivelmente mais fácil do que realmente é.

De acordo com a atleta fitness e especialista em nutrição esportiva Giovana Guido, as propriedades da cafeína vão além da percepção de esforço. "Por ser estimulante do sistema nervoso central, a cafeína causa esse efeito no organismo: faz com que ele trabalhe com mais afinco na hora de acelerar seu metabolismo e oxidar gorduras. Acelera batimentos cardíacos e aumenta frequência respiratória, o que deixa o indivíduo mais acelerado e bem disposto”, explica.

Assim, a ingestão de cafeína no esporte pode incluir os seguintes benefícios:

- Aumenta a concentração

- Evita o acúmulo de líquidos e inchaço

- Melhora funções neurológicas, aumentando a capacidade de processamento mental

- Previne o envelhecimento

- Ajuda na digestão, pois estimula a secreção ácida do estômago

- Diminui a sensação de fadiga e sonolência.

Ingestão excessiva de cafeína no esporte pode ser prejudicial à saúde

Como qualquer outra substância química, a cafeína pode provocar efeitos colaterais indesejados quando consumida em excesso. Os mais comuns incluem agitação, ansiedade, dor de cabeça e insônia.

A dose diária não deve ultrapassar as 500mg para adultos, o que significa algo em torno de cinco a seis xícaras de café expresso, por exemplo. Ficou interessado em experimentar os benefícios? Separamos uma receita de Cappucino Light para você preparar antes do próximo treino:

Ingredientes:

- 50g de café solúvel

- 250g de leite em pó desnatado

- 3 Col de sopa de chocolate meio amargo em pó

- 1 Col de chá de canela em có

- Açúcar a gosto.

Modo de Preparo:

- Bata o café no liquidificador até ficar fino.

- Acrescente os outros ingredientes em uma tigela e peneire.

- Coloque 2 colheres de sobremesa para 1 xícara de água fervente.

E aí, curtiu nossas dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
café
saúde
atividade física
esporte

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ