É Bom Pra Quê?

02/02/2015 07:36 - Atualizado em 10/12/2016 12:42

Arde, mas faz bem: Inclua pimenta no seu cardápio

Além de ajudar na perda e no controle do peso, a pimenta ainda pode tratar e prevenir doenças.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Usada no mundo todo para dar ainda mais sabor às receitas, a pimenta faz sucesso em molhos, sopas, pratos de carne ou em alimentos grelhados. Mas, além de dar um toque especial no tempero das refeições, ela também é considerada um alimento funcional.

Tanto as pimentas do gênero piper (pimenta-do-reino) quanto as capsicum (pimenta vermelha) trazem benefícios para o corpo. Elas possuem diversos nutrientes e componentes que promovem e preservam a saúde.

pimenta

Principais propriedades da pimenta

O consumo da pimenta é indicado devido à grande variedade de vitaminas e nutrientes, mas sempre com moderação. Ela tem baixo valor calórico e é rica em carboidratos e fibras alimentares, melhorando o funcionamento de todo o organismo.

Também contém vitamina A (carotenoides, como o betacaroteno), vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina E e flavonoides. Essas últimas são substâncias importantes para neutralizar a ação de radicais livres. Zinco, potássio e cálcio também são encontrados no condimento.

7 benefícios da pimenta

1. Previne o envelhecimento precoce

A pimenta do gênero capsicum (vermelha, malagueta, dedo-de-moça, cambuci, jalapeño, americana, cumari-do-pará, de cheiro, murupi, entre outras) possui antioxidantes, devido à presença de capsaicina. Com isso, previne a oxidação das células e evita o envelhecimento precoce de todo o organismo.

2. Melhora o sistema digestivo

O consumo de todos os tipos de pimentas aumenta a produção de saliva, o que auxilia na mastigação e protege a saúde bucal. A secreção gástrica também é estimulada, produzindo-se enzimas e sucos gástricos. O resultado é maior sensação de bem-estar após a refeição.

A pimenta ainda possui substâncias que protegem o sistema digestivo contra lesões da mucosa gástrica, pois aumenta a produção de muco gástrico.

3. Evita doenças crônicas

Rico em antioxidantes, flavonoides e vitamina C, esse alimento age diretamente na prevenção de doenças crônicas, como diabetes e câncer. Contribui também como desintoxicante do sangue, limpando as impurezas e fortalecendo o sistema imunológico.

pimenta

4. Acelera o metabolismo

Adicionar pimenta às refeições também eleva a temperatura do organismo, fazendo o corpo aumentar o seu gasto calórico. A capsaicina presente no alimento ainda previne o acúmulo de gordura na região abdominal, eliminando as famosas gordurinhas localizadas.

5. Ajuda na perda de peso

O consumo da pimenta estimula o sistema nervoso, aumentando a produção e a liberação de catecolamina, noradrenalina e adrenalina. Com isso, ocorre a diminuição do apetite e, consequentemente, da ingestão calórica nas refeições seguintes.

6. Controla os níveis de colesterol

Outro grande benefício da pimenta é o auxílio no controle da pressão arterial, além de manter os níveis de LDL e triglicerídeos sob controle.

7. Melhora o sistema circulatório

A pimenta contribui ainda para a saúde do coração e do sistema circulatório. Possui propriedades vasodilatadoras, que impedem a formação de coágulos e aumenta o calibre de vasos sanguíneos. Dessa maneira, reduzem-se os riscos de ataque cardíaco e de acidente vascular cerebral.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
condimento
alimento funcional
alimentação saudável
cardápio saudável

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ