É Bom Pra Quê?

22/05/2015 09:06 - Atualizado em 01/12/2016 04:04

Aproveite os benefícios da fruta-do-conde

Fruta-do-conde garante saúde para os olhos e para a pele, além de melhorar o sistema imunológico.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Encontrada principalmente em regiões de floresta tropical, a fruta-do-conde é também conhecida como pinha. Apesar de abundante no Brasil, ela não é tão popular no cardápio. Entre seus benefícios, está a presença de ferro, cálcio, fósforo, proteínas e diversas vitaminas e carboidratos. Além disso, pode ser usada como energético ou diurético.

Chamada cientificamente de Annona squamosa, a fruta pertence à mesma família da graviola. De origem antilhana, adaptou-se bem ao clima brasileiro. Saiba mais sobre a pinha e desfrute de seus benefícios.

fruta-do-conde

Fruta-do-conde faz bem para quê?

Os efeitos da fruta-do-conde no organismo são diversos. Adstringente, anti-inflamatória, antiespasmódica e antirreumática, a fruta é repleta de vitamina C, que também é antioxidante. Neutralizando os radicais livres, ela ajuda na prevenção do envelhecimento precoce das células, garantindo também o fortalecimento do sistema imunológico.

A fruta é fonte de vitamina A, vitamina B6, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B5 e minerais, como ferro, cálcio, magnésio, fósforo e potássio. Além disso, proporciona a ingestão de carboidratos e proteínas no organismo.

Para a saúde dos olhos, a fruta é benéfica por conter riboflavina e vitamina C, dois nutrientes que combatem os radicais livres que prejudicam a visão. Já para o cabelo e a pele, ela mantém a saúde e a vitalidade em função das vitaminas A e C.

As folhas da fruta-do-conde podem servir para preparar chás medicinais, utilizados para aliviar cãibras, colites e espasmos. Os efeitos da infusão ainda são diuréticos, digestivos e energéticos. Com a casca, pode ser feito um chá que fortalece o funcionamento do intestino e do estômago.

fruta-do-conde

Proteja-se de doenças com a fruta-do-conde

Está sofrendo de artrite e dores articulares? A fruta-do-conde possui grande quantidade de magnésio, um mineral responsável por equilibrar os níveis de água no corpo e remover os ácidos das articulações. Ao consumir a fruta, você reduz os sintomas da artrite e do reumatismo.

Além disso, quando a ingere regularmente, você pode sentir menos cansaço e fraqueza nos músculos. Os ossos também se beneficiam com a fruta, em função da quantidade elevada de cálcio.

A vitamina C, combinada com o ferro, potencializa a absorção de minerais no organismo. Dessa forma, é possível combater a anemia, ao consumir a pinha. Ela também ajuda a regular a pressão arterial e as taxas de ácido úrico do organismo.

O sistema digestivo é outra parte do organismo que tira proveito da fruta. Como ela é rica em fibras, ajuda a prevenir a prisão de ventre e deixa o intestino funcionando corretamente. A sensação de saciedade faz você sentir menos fome, o que dá mais tempo para que o corpo elimine toxinas e faça todo o processo digestivo tranquilamente.

Por fim, a fruta é capaz de aliviar as dores de cabeça. Colocando folhas umedecidas na testa e nas têmporas, é possível acelerar a sonolência e reduzir os sintomas de enxaqueca.

Você sabia que a fruta-do-conde tinha tantos benefícios? Deixe seu comentário! E continue acompanhando o Vivo Mais Saudável para conferir outras dicas de nutrição.

TAGS
antioxidante
vitamina c
digestão
fruta

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ