É Bom Pra Quê?

15/07/2014 03:00 - Atualizado em 06/12/2016 03:46

Alimentos fitoquímicos são antioxidantes e atuam na prevenção do câncer

Coloridos, os alimentos fitoquímicos podem desintoxicar o organismo e ainda prevenir série de doenças.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os alimentos podem ter um efeito poderoso sobre a nossa saúde e qualidade de vida. Isto é ainda mais evidente em razão de suas propriedades nutricionais, já que alguns deles devido à sua composição química, podem ajudar a prevenir e curar doenças. Os chamados alimentos fitoquímicos possuem nutrientes não essenciais, ou seja, que não são necessários para sustentar a vida, mas podem prolongá-la, pelas suas propriedades de promoção da saúde.

Cores são destaque dos alimentos fitoquímicos

alimentos-fitoquímicos

Foto: Shutterstock

Quanto mais coloridos forem os alimentos, mais eles irão conter fitoquímicos. Por isso, comer uma grande variedade de frutas e vegetais é uma ótima forma de conseguir todos os benefícios potenciais que os alimentos fitoquímicos oferecem. Conheça quais as cores e como reconhecer seus benefícios:

Azul e roxo

Os alimentos fitoquímicos em tons de azul e roxo são marcados pelo seu alto teor de antocianinas. Quanto mais escura a tonalidade, maior a concentração de fitoquímica.

As antocianinas são antioxidantes que são particularmente importantes para um coração saudável e podem ajudar também a manter uma pressão sanguínea adequada. Elas também podem ajudar a diminuir o risco de câncer. São exemplos a berinjela, o mirtilo, a amora e a ameixa.

Verde 

Os alimentos verdes representam os alimentos fitoquímicos ricos em isotiocianatos. Estas substâncias atuam na desintoxicação do organismo, através da atuação das enzimas no fígado. Já os vegetais crucíferos, como brócolis e repolho contêm os isotiocianatos que podem ter propriedades anticancerígenas.

Os vegetais verdes são excelentes fontes de vitamina K, ácido fólico, potássio, bem como carotenóides e ômega-3. As dietas ricas em potássio são associadas com redução da pressão arterial. São exemplos o brócolis, o repolho, a couve e a alface.

Vermelho

O licopeno é o pigmento predominante em frutas e vegetais de cor vermelha. Este carotenoide é um poderoso antioxidante, que tem sido associado à diminuição do risco de alguns tipos de câncer, especialmente câncer de próstata, além de proteger o coração de ataques.

Produtos à base de tomate são a fonte mais concentrada destes alimentos fitoquímicos. O molho de tomate cozido está associado a benefícios extras para a saúde, em comparação com a versão crua, isso porque o processo de aquecimento permite que todos os carotenóides, incluindo licopeno, sejam absorvidos mais facilmente pelo organismo.

Além da vitamina C e do ácido fólico, as frutas e verduras vermelhas também são fontes de flavonoides, que reduzem a inflamação e têm propriedades antioxidantes. São exemplos os tomates e seus derivados, melancia, toranja, goiaba e morango.

Amarelo e laranja

O grupo de alimentos fitoquímicos de cor amarela e laranja é representando pela beta-criptoxantina e a vitamina C. Estes alimentos também são ricos em beta-caroteno, que são ótimos antioxidantes.

Beta-criptoxantina, beta-caroteno e alfa-caroteno são todos os da família dos carotenoides e são transformados em vitamina A no organismo, um nutriente que beneficia a visão e a função imune. Também são ótimos para a pele e a saúde dos ossos. Exemplos: cenouras, manga, melão, abóbora, batata doce, abóbora.

Alimentos fitoquímicos sem cor

Enquanto a cor pode estar associada a determinado fitoquímico, existem alguns alimentos que não possuem pigmentos de cor. Neste grupo, estão os flavonoides, que em sua maior parte são incolores. Os flavonoides são antioxidantes poderosos, que combatem o mal que os radicais livres causam ao organismo. Exemplos deles são os chás, a cebola, o alho e a soja.

E aí ? Gostou do texto ? Deixe seu comentário ou compartilhe sua experiência! 

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ