Dietas

15/10/2014 08:00 - Atualizado em 01/12/2016 05:48

Veja como vencer o efeito platô e conquistar o corpo perfeito

Exercício físico pode ser uma ótima opção para continuar a emagrecer e evitar o efeito platô.

POR

Redação

  • +A
  • -A

É comum que a perda de peso aconteça de forma mais rápida no início da dieta e depois de algumas semanas diminua até estagnar de vez. Esse problema assombra muitas pessoas que estão em busca do corpo perfeito, e ele é chamado de efeito platô.

Como funciona o efeito platô

Mesmo seguindo a dieta à risca, a pessoa pode parar de perder peso em algum momento. Nessa hora, é preciso ficar calmo e buscar alternativas. “O efeito platô é uma grande armadilha, pois, quando ele chega, grande parte das pessoas desanima, fica desmotivada e abandona o projeto de emagrecimento”, explica Giovana Guido, atleta fitness da categoria BIKINI - IFBB/SP.

Veja a seguir as causas desse problema e como é possível vencê-lo sem desistir da dieta:

Causas do efeito platô

O platô acontece principalmente quando o corpo perde peso muito rápido. Essa é uma forma do próprio organismo se equilibrar, armazenando mais gordurado do que deveria, para assim suprir o que perdeu rapidamente em pouco tempo.

efeito-plato

Quando o emagrecimento acontece muito rápido e sem a orientação adequada, o corpo acaba se adaptando. Ele percebe que não está recebendo a quantidade de alimentos, e muitas vezes de vitaminas, que necessita, e acaba estocando a gordura para não ficar sem energia. Isso resulta na dificuldade da perda de peso e pode até mesmo ocasionar no ganho dos quilinhos que já havia perdido.

Como vencer o problema

Uma das maneiras mais eficazes de driblar o efeito platô é aumentar o gasto de calorias. E não ingerir menos calorias, como é o caso de muitas pessoas. É importante ter cuidado com isso, pois a ingestão calórica inferior a 1200 calorias por dia pode causar deficiência nutricional.

Isso quer dizer que a prática de exercícios físicos regular é uma ótima aliada para combater o problema. A atividade física aumenta e fortalece os músculos do corpo, aumentando o gasto calórico. Por isso, sem exercício não há como continuar tendo resultados de perda e controle de peso.

Outra dica importante, é sempre buscar fazer alterações nos programas de dieta, suplementação e treinos. “O corpo se acostuma fácil e para de responder a qualquer tipo de estímulo de forma rápida. Então, tenha a certeza que você está fazendo mudanças a cada dois meses, pelo menos”, destaca a atleta Giovana.

Tomar pouca água também pode acarretar a estagnação do metabolismo. É indicado o aumento da quantidade de líquidos ingeridos ao longo do dia, pois assim o metabolismo pode ser “reativado” e voltar a ter resultados positivos.

Orientação ajuda a identificar e tratar o efeito platô

É importante ter cuidados que vão além das restrições alimentares quando se faz uma dieta, sempre buscando a orientação adequada para cada caso. “O ideal é sempre ter um acompanhamento profissional, afinal, uma avaliação criteriosa e orientações são fundamentais”, conclui Giovana.

Curtiu nossas dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
perder peso
emagrecimento
dieta

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ