Dietas

27/12/2014 03:24 - Atualizado em 30/11/2016 05:29

Veja como fugir do metabolismo lento nas férias

Enfrente o metabolismo lento com exercícios físicos, refeições constantes e pequenas quantidades de comida.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os hábitos mudam nas férias. E com eles, uma das consequências pode ser o metabolismo lento. Comer refeições mais espaçadas e em quantidades maiores,  por exemplo, são fatores que podem atrapalhar o sistema digestivo e o metabolismo. Por isso, confira agora 7 dicas para não perder a forma no verão.

metabolismo lento

Fuja do metabolismo lento nas férias

- Passe longe dos alimentos gordurosos. Os alimentos com maior taxa de gordura prejudicam o aceleramento do metabolismo, além de prejudicarem o funcionamento de vários órgãos. Por isso entre as gorduras e outros alimentos, opte por frutas, verduras, refeições integrais, carnes magras e laticínios desnatados.

Leve sempre uma garrafinha de água aonde você for. A hidratação do corpo é essencial sempre, mas principalmente nas férias, quando o calor e a transpiração são mais intensos. Nesse tópico vale tudo, água de coco, água saborizada, sucos naturais, chás, inclusive frutas e legumes que são fonte de líquidos.

- Mantenha alimentação rica em carboidratos, proteínas e vegetais, a qual estimula o funcionamento do organismo e fornece a energia diária necessária. Refeições completas favorecem a perda de peso e garantem a saciedade por mais tempo.

- Pratique pelo menos 30 minutos diários de atividade física. Nas férias uma ótima dica são caminhadas e corridas na beira da praia ou até mesmo no campo, e durante o dia caso esteja parado, levantar a cada hora para não se manter muito tempo parado faz com que o metabolismo haja e melhora o metabolismo lento

- Evite as refeições rápidas, como lanches durante a tarde enquanto esta fora de casa. Por isso leve consigo barrinhas de cereais, torradas integrais, frutas secas, que mantem o organismo trabalhando. Lembre-se que a falta de alimento no seu corpo causa o metabolismo lento.

- Mantenha o estresse bem longe, com o celular desligado e momentos de descanso. A tristeza e os sentimentos ruins trazem a necessidade de doces e supérfluos que retardam o metabolismo. Por isso, não se entregue as tentações.

- Experimente a culinária local. Caso vá viajar para lugares diferentes, experimente as frutas locais, como pitanga, cupuaçu, graviola, cacau, tamarindo, sapoti, entre outras. Variar seu apetite é sempre bom.

Consequências do metabolismo lento

O metabolismo de cada pessoa é um pouco diferente. Mas, na prática, ter um metabolismo lento significa que você demora muito mais tempo para processar o alimento e isso resulta em protuberância abdominal, azia, má digestão e claro, os quilinhos a mais.

A barriga tende a ficar mais inchada, porque o alimento entra no organismo e demora mais para sair, prejudicando o processo de digestão. Isso gera a produção de gazes, que fazem a barriga parecer inchada a maior parte do tempo.

O metabolismo lento faz as pessoas terem mais dificuldade de ir ao banheiro, causando prisão de ventre e gerando em alguns casos infecções mais sérias.

Então, nas férias, aposte nas frutas, nos pratos coloridos e em uma quantidade razoável de refeições por dia. Com a alimentação balanceada e a prática de exercícios, você vai manter o metabolismo em alta, e a barriga, sequinha.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
alimentação
dieta
perder peso
metabolismo

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ