Dietas

01/11/2014 06:03 - Atualizado em 04/12/2016 05:39

Saiba por que razão o refrigerante é inimigo da dieta

Ainda que refrescante e saboroso, refrigerante possui muito açúcar e calorias em sua composição.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já deve ter ouvido falar que o consumo de refrigerante, além de ser um péssimo hábito para a saúde, é também o principal vilão das dietas. Mas você sabe por quê? As bebidas industrializadas, como é o caso dos refrigerantes, contêm uma grande quantidade de produtos para que ganhem um sabor agradável ao paladar do consumidor. O açúcar é o principal desses componentes.

refrigerante

Os motivos para não consumir refrigerante

Refrigerantes são bebidas deliciosas e que parecem ser perfeitos acompanhantes para todos os alimentos. O grande problema é que nem tudo que parece bom realmente é. As marcas que produzem essas bebidas se valem de uma alta quantidade de açúcar para deixar o líquido com o sabor adocicado que agrada a tantas pessoas no mundo inteiro.

Esse açúcar, contido no refrigerante, é um vilão para a saúde e para a estética. Além de ser invisível, já que você não enxerga a quantidade que está ingerindo, ainda é um potencial causador da diabetes, uma das doenças que mais atinge pessoas no mundo. Fora isso, o açúcar ainda causa aquela barriguinha saliente que todas as mulheres sonham em eliminar.

A nutricionista Renata Rodrigues Oliveira atenta para a quantidade de açúcar utilizadas nos refrigerantes. “Uma latinha de refrigerante normal tem cerca de 150 kcal, o equivalente a 10 colheres de chá de açúcar. Se um adulto beber uma lata por dia além das calorias necessárias poderá chegar ao final de um ano com 7 kg a mais na balança”, explica Renata.

Ela salienta que não é necessário abolir os refrigerantes da sua dieta para sempre. “Não estou querendo dizer que nunca mais você vai poder tomar um, até mesmo porque essa é uma atitude muito radical. Mas se você ficar atento e tentar a princípio pelo menos diminuir o consumo, ele não trará tantos problemas”, expõe a nutricionista.

O açúcar de adição que fica escondido nos produtos que consumimos é mais perigoso do que aquele que usamos para adoçar o café, o chá ou o leite. Isso porque é possível controlar quantas colheres de açúcar utilizamos quando somos nós que adicionamos o produto ao alimento. O fato é que em bolos, sucos, guloseimas ou refrigerantes o cálculo de açúcar fica dificultado.

refrigerante

alimentos-funcionaisSubstitutos do refrigerante

O substituto mais indicado para o refrigerante é a água. Saudável, pura e refrescante, a água deve ser consumida em quantidades abundantes durante o dia. Pelo menos 2 litros diários são fundamentais para que o corpo funcione bem. Uma forma de descontar alguns mililitros dessa quantidade é beber água nas refeições. Ela ainda ajuda na digestão dos alimentos e não dá sensação de estufamento.

Os sucos naturais também podem ser utilizados como substitutos ao refri, mas não podem ser consumidos com tanta liberdade quanto a água. Apesar de serem feitos somente com as frutas e não terem adição de açúcar, eles são ricos em calorias e em açúcares, como frutose, glicose e até mesmo sacarose, o tipo de açúcar que compramos refinado nos mercados.

Uma boa ideia para substituir o refrigerante sem sentir muita diferença é fazer a sua própria bebida em casa. Misturando um copo de suco de uva integral a meio copo de água com gás, você faz uma bebida natural e que refresca tanto quanto os refrigerantes. Ainda é possível adicionar duas rodelas de limão, para dar um toque mais ácido ao refresco.

E aí, gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
refrigerante
saúde
açúcar
calorias

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ