Dietas

30/10/2015 07:02 - Atualizado em 01/12/2016 12:23

Saiba por que comer de 3 em 3 horas ajuda a emagrecer

Intervalo entre refeições garante um organismo funcionando melhor.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Especialistas explicam que, quando o objetivo é perder peso, mais importante que o intervalo entre as refeições é a quantidade de calorias ingeridas. Ou seja, não adianta comer de 3 em 3 horas se forem consumidos os alimentos errados.

Porém, com refeições mais seguidas e um cardápio balanceado, é possível garantir o bom funcionamento do organismo e até mesmo ajudar no processo de emagrecimento. Tudo depende da combinação de outros hábitos saudáveis, além do tempo entre uma refeição e outra.

Por que comer de 3 em 3 horas?

Acredita-se que, com um intervalo menor entre as refeições, a pessoa coma porções menores e acelere o metabolismo, facilitando a digestão e, consequentemente, a perda de peso. Porém, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há evidências científicas de que esse procedimento diminua os riscos de engordar.

mulher com barrinha de cereal para comer de 3 em 3 horas

Para o endocrinologista Rafael Fantin Sik, comer de três em três horas não garante o emagrecimento, mas pode ajudar. “Com fome, alimentamo-nos mais rápido e com uma maior tendência a escolher alimentos hipercalóricos, não dando tempo suficiente para os hormônios da saciedade e da redução do apetite agirem. Então, acabamos comendo mais calorias do que deveríamos”, explica.

Quando o organismo fica muito tempo em jejum, por pular refeições ou ingerir menos calorias que o necessário, o corpo entende que deve fazer uma reserva energética para suportar longos intervalos sem comida. Essa reserva, muitas vezes, acaba contribuindo para o acúmulo das indesejadas gorduras localizadas.

Além disso, ficar muito tempo sem comer também é um fator de risco para o cansaço, pois, como a reserva de energia do corpo é armazenada por cerca de três horas, após esse período ela é absorvida e o organismo procura outra fonte, retirando energia dos músculos. Isso faz com que a pessoa perca massa magra e fique mais cansada.

Porém, além de comer a cada três horas, evitando-se um intervalo muito grande entre as refeições, é importante também controlar a quantidade de calorias ingeridas. De nada adianta alimentar-se mais seguidamente se forem consumidos alimentos errados.

Saiba Mais
Calcular calorias não garante o sucesso na dieta
3 opções de bolo integral para variar o cardápio
Treino aeróbico em jejum é tema controverso. Descubra por quê

Como não errar no intervalo entre as refeições

O intervalo deve ser pequeno entre as refeições, mas não vale comer qualquer alimento. Nessas horas, conta muito o bom senso. É impossível não engordar comendo doces ou frituras a cada três horas, por exemplo. Então, é importante controlar as calorias e consumir alimentos leves, que proporcionem mais saciedade.

O Dr. Rafael Fantin Sik dá algumas dicas para evitar o exagero nas refeições, caso você fique muito tempo sem comer. “Se for lanchar com fome, a dica é comer antes uma fruta e aguardar aproximadamente dez minutos para reduzir o apetite. No almoço, sempre comece pela salada e pelos legumes”, indica.

Portanto, o ideal é comer de três em três horas e manter uma dieta balanceada, com todos os nutrientes. Lembre-se: as refeições devem ter principalmente carboidratos integrais, que são absorvidos pelo organismo de forma mais lenta e saciam a fome por mais tempo.

Tirou suas dúvidas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de alimentação aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
reeducação alimentar
saciedade
perder peso
cardápio diário

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ