Dietas

05/07/2015 12:17 - Atualizado em 05/11/2016 02:25

Fibras alimentares estimulam o bom funcionamento do organismo

Os nutrientes também previnem a constipação e outros problemas de saúde.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Existem dois tipos de fibras alimentares, as solúveis e as insolúveis. Mas você sabe qual é a diferença entre elas e como cada uma age no organismo? As fibras atuam no bom funcionamento do intestino, além de reduzir o colesterol e os níveis de glicose no sangue.

Esse tipo de nutriente também evita a constipação intestinal e outros problemas no sistema digestivo. Pode ser encontrado em alimentos vegetais e deve ser consumido diariamente, mas em quantidades controladas e acompanhado de bastante água para garantir seus benefícios.

Função das fibras alimentares no organismo

As fibras alimentares, também chamadas de dietéticas, podem ser divididas em dois tipos, baseadas em suas propriedades e efeitos: fibras solúveis e insolúveis. Esses elementos, que fazem parte dos carboidratos, são muito importantes para o funcionamento intestinal, pois regulam o sistema e evitam a constipação.

fibras alimentares

As fibras solúveis possuem propriedades que se dissolvem na água e apresentam efeitos metabólicos no trato gastrintestinal. Estimulam a regulação do trânsito intestinal, reduzem o colesterol e diminuem os níveis de glicose no sangue. Também ajudam a proteger contra o câncer colorretal.

Já as fibras insolúveis não se dissolvem em água e apresentam efeito mecânico no trato gastrintestinal. Colaboram para a composição do bolo fecal, dos movimentos peristálticos e da evacuação. Devido a esses efeitos, previnem a constipação e hemorroidas, reduzindo também o risco de câncer de cólon.

As fibras alimentares agem no organismo das seguintes maneiras:

- Proporcionam sensação de saciedade por mais tempo

- Regulam o tempo de trânsito intestinal

- Atrasam o esvaziamento gástrico, tornando mais lenta a digestão e a absorção de nutrientes

- Formam fezes volumosas e macias

- Controlam a glicemia, pois deixam mais lenta a entrada de glicose na corrente sanguínea

- Reduzem a absorção das gorduras e do colesterol.

Os tipos de fibras solúveis são as pectinas (encontradas em frutas cítricas, maçã, batata e legumes), as gomas (farelo de aveia e de cevada), as mucilagens (sementes e algas) e algumas hemiceluloses (grãos de cereais, farelo de trigo, soja e centeio).

Já as fibras alimentares insolúveis estão presentes na celulose (frutas com cascas, farinha de trigo, farelos e sementes) e em algumas hemiceluloses. Esse tipo de fibra faz parte da estrutura das células vegetais e é encontrado em todas as substâncias vegetais.

Como consumir as fibras alimentares

De acordo com Instituto Nacional do Câncer (Inca), é indicada a ingestão de entre 20 e 35 gramas de fibras alimentares por dia. Para garantir todos os benefícios desses elementos, é preciso beber bastante água - no mínimo dois litros por dia - para uma pessoa adulta.

É importante ter cuidado para não cometer excessos no consumo de fibras, pois elas podem interferir na absorção de outros nutrientes pelo organismo, como o zinco e cálcio, principalmente em crianças e idosos.

Gostou das dicas de alimentação? Conte para nós! E aproveite para conferir as novidades de saúde e bem-estar do Vivo Mais Saudável.

TAGS
constipação
trato intestinal
alimentos com fibras
dieta saudável

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ