Dietas

15/06/2015 12:36 - Atualizado em 29/11/2016 04:35

Entenda os perigos da dieta da USP para a saúde

Cardápio restritivo pode causar efeitos colaterais e oferece resultados temporários.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Já ouviu falar da dieta da USP? A moda marcou os anos 1990 e até hoje possui adeptos. A sua fama se deve pela promessa de resultados rápidos - cerca de dez quilos a menos em apenas 15 dias. O cardápio é composto basicamente por ovos, presunto e café.

Apesar do nome, a assessoria de imprensa da Universidade São Paulo (USP) alega que a dieta ganhou esse nome por meio de um boato e reafirma que ela não foi criada pelo Departamento de Nutrição da Instituição. 

Qualquer dieta restritiva - ou seja, que não englobe todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo - oferece riscos à saúde. A dieta da USP segue essa tendência, propondo uma diminuição significativa na quantidade de calorias ingeridas pelo indivíduo. Portanto, tenha cuidado na hora de segui-la.

dieta da usp

Como funciona a dieta da USP

Segunda-feira

Manhã: Café preto com adoçante

Almoço: 2 ovos cozidos e ervas a desejar

Jantar: Salada de alface com pepino e salsão a vontade.

Terça-feira

Manhã: Café com bolacha de água e sal

Almoço: 1 bife grande com salada de frutas a gosto

Jantar: Presunto a vontade.

Quarta-feira

Manhã: Café com bolacha de água e sal

Almoço: 2 ovos cozidos, salada de vagem e 2 torradas

Jantar: Presunto e salada.

Quinta-feira

Manhã: Café com biscoito

Almoço: 1 ovo cozido, 1 cenoura e queijo minas a vontade

Jantar: Salada de frutas e iogurte natural.

Sexta-feira

Manhã: Cenoura crua espremida com limão e café preto

Almoço: Frango grelhado a vontade

Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura.

Sábado

Manhã: Café com biscoito

Almoço: Filé de peixe com tomate a vontade

Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura.

Domingo

Manhã: Café com limão

Almoço: Bife grelhado e frutas a vontade

Jantar: Cardápio livre, exceto para doces e bebidas alcoólicas.

dieta da usp

Os riscos dessa dieta

Assim como grande parte das dietas da moda, a dieta da USP não elimina a gordura em si, mas sim os líquidos e a massa magra. Ou seja, o resultado não será permanente.

Além disso, o cardápio não conta com alimentos que ofereçam carboidratos, responsáveis pela energia do ser humano. Logo, a falta deles pode afetar o seu humor e provocar fadiga e cansaço. Outra carência da dieta são as gorduras saudáveis, fundamentais para o bom funcionamento do organismo.

Os efeitos colaterais para os adeptos da dieta da USP também podem incluir fraqueza, dor de cabeça, insônia e estresse físico e mental.

Aposte em uma reeducação alimentar

A busca pelo corpo ideal é comum, afinal todo mundo espera chegar no verão em forma. Porém, para conseguir resultados positivos sem abrir mão da saúde, é preciso mais que se aventurar em dietas restritivas.

Para alcançar resultados permanentes, uma visita a um nutricionista é fundamental. Apenas a reeducação alimentar irá agir de forma eficaz na perda de peso de um modo saudável. Mais que cortar alimentos do cardápio, é preciso saber o que está sendo consumido, garantindo que o organismo não fique carente de nenhum nutriente.

Além disso, a prática regular de exercícios colabora para a perda de peso, além de fortalecer os músculos. Portanto, se você está decidido a conquistar um corpo perfeito, busque aconselhamento profissional e embarque nessa trajetória de vida mais saudável.

Você já fez alguma dieta maluca? Conte para nós! E aproveite para conferir as novidades de saúde e alimentação do Vivo Mais Saudável.

TAGS
dieta restritiva
emagrecer rápido
dietas da moda
nutrição

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ