Dietas

22/05/2015 11:10 - Atualizado em 04/12/2016 10:19

Embutidos: Evite e tenha uma alimentação mais saudável

Ricos em gordura, sal, açúcares e conservantes, estes produtos alimentícios devem ser evitados por não apresentarem nutrientes.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Entende-se por embutidos: produtos elaborados com carne picada e condimentada sob a forma geralmente simétrica. A mais usada é a suína, cujo embutido em sua origem, era confeccionado com as tripas do próprio animal.  “São alimentos ricos em gordura, sal, açúcares, nitratos e nitritos, especiarias e conservantes. Presunto, mortadela, salame, salsichas, linguiças e carne seca são alguns de seus exemplos clássicos. Atualmente, também encontramos produtos provenientes de aves, como frango e peru”, explica a nutricionista Deise Santiago.

Veja se sua alimentação coloca você no Risco de Diabetes

Por que evitar embutidos na alimentação?

“Nitritos e nitratos são as substâncias usadas para a conservação dos embutidos e de alguns enlatados. No estômago, se transformam em nitrosaminas, composição cientificamente cancerígena se consumida de forma contínua e abundante. Para tornar esses alimentos mais duráveis e saborosos, é necessário o uso de inúmeros aditivos químicos, tais como: aromatizantes, corantes, antioxidantes, estabilizantes, conservantes e acidulantes. Estes são responsáveis por sabor, cheiro e aspecto natural dos alimentos industrializados. Muitos podem causar alergias e intolerâncias, além de serem nocivos em quantidades pequenas”, esclarece a nutricionista.

Leia também: Alimentação Saudável por Drauzio Varella

Embutidos para diabéticos

"Para quem tem diabetes, o risco de desenvolver hipertensão é alto. O excesso do consumo de sódio eleva a pressão e aumenta as chances de hipertensão”, alerta Deise. Quanto aos corantes, eles podem causar danos ao aparelho digestivo e graves quadros alérgicos segundo ela.

Vale lembrar que todos estes produtos são fontes de gordura (principalmente saturada), responsável pelo aumento de colesterol no organismo; eles têm o dobro de gordura das carnes in natura. Aqueles provenientes de aves, apesar do menor teor de gordura saturada, possuem em suas composições grandes quantidades de sal, elevando o risco para o desenvolvimento de hipertensão arterial.

Por mais que sejam práticos para os lanchinhos rotineiros, a orientação é de que a frequência de embutidos no cardápio não ultrapasse uma vez por semana.

Alternativas mais saudáveis para seu cardápio

Chester, peito de peru e mortadela podem ser substituídos por frango desfiado, ovos mexidos e pastas de leguminosas (grão de bico, ervilhas), liquidificadas com azeite de oliva e ervas finas.  

Para prevenir doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes e outros problemas de saúde, alimente-se de frutas, verduras, legumes e cereais integrais, ricos em vitaminas, minerais e fibras. Faça destes alimentos sua principal fonte de alimentação. Para que a saúde não fique comprometida, fuja dos produtos industrializados, ricos em gordura saturada, sal e açúcar.  

Outras dicas de Alimentação Saudável você encontra aqui no Vivo Mais Saudável.

Acesse também nosso Especial Você Mais Saudável Alimentação com informação que bem!

TAGS
embutidos
produtos alimentícios
produtos industrializados
embutidos faz mal
embutidos diabetes
alimentação saudável para diabéticos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ