Dietas

09/11/2015 12:48 - Atualizado em 15/11/2016 03:43

Emagreça com a dieta do óleo de coco

O alimento deve ser incluído diariamente no cardápio, mas com moderação.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A dieta do óleo de coco é a queridinha de muitas mulheres para manter a forma, e também o truque de celebridades como Angelina Jolie, Jennifer Aniston e Miranda Kerr. O óleo é conhecido por acelerar o metabolismo e, assim, fazer o corpo queimar gordura mais rapidamente.

Porém, ele não age sozinho. Para conseguir resultados de perda de peso, é importante associá-lo a uma dieta equilibrada e à prática regular de exercícios físicos. O consumo também deve ser controlado. Confira alguns cuidados necessários antes de apostar nessa alternativa.

Como funciona a dieta do óleo de coco

O óleo é extraído da fruta e existem dois tipos desse alimento funcional: o refinado e o extravirgem. Na dieta do óleo de coco, é usado o segundo tipo, pois, como é prensado a frio, ele preserva todas as propriedades nutricionais e terapêuticas do fruto.

dieta do óleo de coco

Para seguir a dieta, é indicado ingerir de uma a três colheres de sopa de óleo por dia, consumidas no café da manhã, no almoço e no jantar. O componente pode ser misturado em shakes, vitaminas, iogurtes, saladas e outros pratos.

É possível também fazer a dieta do óleo de coco com o uso de cápsulas, sendo indicado o consumo de seis ao dia, duas antes de cada uma das principais refeições. Porém, é de extrema importância consultar um médico antes de consumir o produto para que o profissional indique o melhor para cada caso.

A dieta promete melhorar o funcionamento da glândula tireoide, estimulando o metabolismo e a queima dos estoques de gordura. O óleo é a única fonte vegetal a apresentar alta concentração de ácido láurico - substância com ação antioxidante e anti-inflamatória -, combatendo os radicais livres e a inflamação nas células, o que deixa o organismo menos resistente à perda de peso.

Saiba Mais
Água de coco hidrata e contribui para saúde dos dentes
Aposte no coco para uma vida mais saudável
Farinha de coco ajuda a emagrecer e tem mais benefícios à saúde

O alimento ainda proporciona saciedade por mais tempo, ajudando a controlar a fome e a diminuir o consumo de calorias ao longo do dia. Já os antioxidantes presentes no óleo melhoram a circulação sanguínea e controlam os níveis de colesterol.

Quando associado a uma boa alimentação, o óleo de coco pode favorecer o emagrecimento e a redução da circunferência abdominal. No entanto, o consumo exige alguns cuidados. Como é essencialmente composto por gorduras, na maior parte saturadas, não deve ser ingerido em grande quantidade, pois pode aumentar o LDL, o "considerado ruim".

Consuma o óleo de coco de maneira saudável

jennifer aniston faz dieta do óleo de cocoO óleo de coco pode ser consumido puro ou associado a outros alimentos. Quando adicionado às refeições, ele promove mais saciedade e reduz o índice glicêmico do prato, diminuindo os riscos que alimentos mais pesados possam trazer à balança.

Uma dica para quem quer aderir à dieta do óleo de coco é utilizar o alimento em receitas, substituindo óleos tradicionais, manteigas e margarinas no preparo da comida. Ele é considerado o mais saudável para cozinhar, pois é composto de gordura saturada, que se mantêm estável mesmo quando submetida a altas temperaturas.

Já os óleos vegetais poli-insaturados, como o de soja, o de milho, o de girassol e o de canola, sofrem alterações durante o aquecimento, apresentando níveis de gordura trans no final do cozimento.

E então, vai apostar nessa dieta? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir outras dicas de alimentação aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
perder peso
óleo vegetal
gordura saturada
colesterol

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ