Dietas

06/05/2015 08:23 - Atualizado em 05/12/2016 05:28

Dietas da moda: Saiba o perigo de seguir essas tendências

Apostar em uma alimentação restritiva deixa seu organismo enfraquecido e traz outros riscos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A busca pelo corpo perfeito não é fácil. A cada dia, novas dietas da moda chegam prometendo resultados maravilhosos e conquistando uma legião de adeptas. Perder a barriguinha, diminuir um pouco de coxa, deixar o braço fininho… Essas são apenas algumas das motivações para embarcar em dietas desequilibradas.

Mesmo com as promessas milagrosas e oferecendo esperanças para finalmente ficar de bem com a balança, a pergunta que você deve fazer é: a que preço? Muita gente acaba se submetendo a dietas restritivas e extremamente pobres em nutrientes, colocando a saúde em risco. Fique por dentro dos riscos de seguir essa tendências.

dietas da moda

Dietas da moda podem ser um risco

Mesmo que tragam resultados imediatos, como perder peso a curto prazo, essa condição provavelmente não será mantida. Isso ocorre porque não houve uma reeducação alimentar. Ou seja, depois que a dieta terminar, você voltará a consumir os mesmos alimentos de antes e, assim, recuperará todo o peso perdido.

Mais importante que isso é a questão da privação de nutrientes importantes para manter o organismo saudável. As dietas da moda geralmente se baseiam em um alimento central, que deve ser consumido em excesso, e restringem uma série de outras opções saudáveis e importantes para o bom funcionamento do corpo humano.

Isso faz com que você receba apenas determinadas vitaminas e nutrientes e fique em falta com vários outros. Ainda, a baixa quantidade de calorias geralmente fica abaixo das necessidades energéticas de um adulto saudável, o que resulta em uma série de consequências nada agradáveis.

Fraqueza, dores de cabeça, tonturas, indisposição, mau humor e dificuldade de concentração são algumas das características comuns nos indivíduos que se submetem a esses tipos de dietas da moda.

A dieta da proteína, por exemplo, propõe a redução radical do consumo de carboidratos e estimula o consumo de carnes, ovos e gorduras em geral. Ela favorece a perda de peso por aumentar a saciedade. No entanto, o alto índice de gordura pode estimular o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

É preciso ter em mente que dietas da moda, que propõem diminuição de peso rapidamente, geralmente representam a perda de líquidos e massa magra, em vez de eliminarem a gordura corporal. Consequentemente, os resultados não serão positivos e o peso voltará ao normal com a mesma rapidez.

dietas da moda

Invista na dieta saudável e na prática de exercícios

Sem grandes invenções, a opinião entre os especialistas é unânime: para eliminar aquela gordurinha indesejada, é preciso apostar na reeducação alimentar e em exercícios físicos regulares. Essa atitude não só garante um corpo em forma, como também um organismo mais saudável.

As proibições e restrições radicais geralmente acabam sendo burladas. O resultado é que você não só não perde peso como fica com uma alimentação enfraquecida.

Para desfrutar de bons resultados e manter a saúde em dia, é preciso consultar um profissional e explicar o que você procura, quais são os seus objetivos e como é a sua rotina. Depois de conhecer um pouco mais do seu dia a dia, o nutricionista poderá indicar uma dieta rica em alimentos que trarão benefícios, além de controlar o peso.

Aliado a uma alimentação balanceada, é fundamental que você invista em atividades físicas, desde uma simples caminhada diária até outros esportes. O ideal é que você queime calorias, reponha nutrientes e, assim, dê adeus em definitivo aos pneuzinhos.

Desconfie das promessas fantasiosas das dietas da moda e escolha uma vida saudável em vez de uma dieta radical. Seu organismo agradece!

Você já recorreu a uma dieta maluca? Conte nos comentários! E não esqueça que você sempre encontra novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
emagrecimento
corpo
gordura
reeducação alimentar

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ