Dietas

16/06/2015 01:06 - Atualizado em 24/11/2016 07:24

Dieta vegetariana precisa ser equilibrada

Saiba os benefícios de um cardápio sem alimentos de origem animal e confira quais não devem faltar à mesa.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A carne é dispensada dos cardápios daqueles que optam pela dieta vegetariana. Porém, muitas pessoas têm dúvidas quanto ao que deve ser consumido para manter o organismo saudável. Afinal, é possível manter a saúde em dia mesmo sem a ingestão de proteínas animais?

Segundo um estudo publicado no periódico Jama Internal Medicine, isso é possível. O relatório analisou dados de outros 32 estudos, feitos entre 1900 e 2013, e comprovou que pessoas que seguem uma dieta vegetariana possuem menor pressão arterial que aqueles que consomem carne.

Já um estudo da EPIC-Oxford, órgão britânico especializado em câncer e nutrição, comprovou que vegetarianos são 32% menos propensos a desenvolverem doenças cardíacas. A pesquisa foi publicada em 2013 e teve a participação de 44 mil pessoas.

Outro dado, publicado em 2012 pela National Center for Biotechnology Information (NCBI), dos Estados Unidos, mostra que vegetarianos apresentaram melhores índices de bom humor, quando comparados aos grupos que consumem carne ou apenas peixe. Saiba como aderir ao cardápio vegetariano.

dieta vegetariana

Benefícios e cuidados com uma dieta vegetariana

Para quem opta pela dieta vegetariana, é preciso ficar de olho nas quantidades de proteínas e de calorias consumidas, garantindo que o corpo não sinta falta de nenhum nutriente. Isso deixaria a pessoa enfraquecida e propensa a doenças.

Tanto aqueles que seguem o vegetarianismo quanto os que utilizam carnes na alimentação devem apostar em uma grande variedade de alimentos, garantindo, assim, que o organismo receba todos os tipos de nutrientes necessários para o seu bom funcionamento.

Legumes, frutas e sementes são alguns dos itens que compõe a mesa da dieta vegetariana. Se a pessoa não segue o cardápio vegano - que não inclui nenhum tipo de produto animal -, ovos e derivados do leite também podem ser boas fontes de nutrientes.

Quais substituições podem ser feitas?

A carne é uma fonte poderosa de proteína, nutriente responsável pela construção de novos tecidos do corpo humano, pelo transporte de substâncias e pela defesa do organismo.

A proteína vegetal pode ser tão eficaz quanto a de origem animal. Soja, lentilha, feijão e ervilha são exemplos de boas fontes do nutriente. Além disso, caso a pessoa não seja adepta do veganismo, ovos e leite também são opções ricas em proteína.

Já para quem não consome nenhum tipo de alimento com origem animal, é preciso estar atento ao consumo de cálcio. O leite é a fonte mais conhecida, porém não é a única opção. Vegetais como brócolis, couve ou quiabo são excelentes fontes do mineral, assim como frutas secas, castanhas e sementes.

O ferro, também presente na carne, pode ser encontrado nos vegetais de folhas escuras, em produtos de soja, grão integrais, sementes e nozes. Além disso, consumir alimentos ricos em vitamina C, como frutas cítricas, contribui para a melhor absorção do nutriente.

Com uma alimentação variada e rica em diferentes fontes de vitaminas e nutrientes, é possível manter a saúde em dia apostando na dieta vegetariana. Lembre-se de aliá-la a uma vida saudável, com prática regular de atividades físicas, sol na medida certa e muita água para manter o organismo hidratado.

Você considera sua alimentação adequada? Deixe um comentário! E aproveite para conferir as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
vegetarianismo
nutrição
cálcio
ferro

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ