Dietas

28/07/2014 10:00 - Atualizado em 05/12/2016 03:24

Dieta sem carboidratos pode fazer mal? Veja como equilibrar o cardápio

Embora possa acelerar perda de peso, dieta sem carboidratos também pode gastar massa magra.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os carboidratos estão presentes em muitos alimentos que consumimos no dia a dia, e a maioria deles contém um alto valor calórico. Mas será que podemos eliminá-los por completo da dieta?

Muitas pessoas optam por uma dieta sem carboidratos para perder peso de forma mais rápida. Isso pode dar certo, desde que seja combinado com uma alimentação balanceada e que reponha os nutrientes necessários para o corpo com outros alimentos. Contudo ficar muito tempo sem ingerir esse nutriente pode fazer mal para o organismo, pois o corpo começará a gastar não só gordura, mas também a massa magra.

carboidratos

Como a dieta sem carboidratos pode funcionar

A dieta sem carboidratos pode funcionar, fazendo com que as pessoas acelerem o processo de perda de peso. Mas cuidado! Ela só pode ser seguida por curtos períodos de tempo: entre cinco e sete dias.

Segundo nutricionistas, para fazer essa dieta, é preciso ter algumas precauções e ingerir outros alimentos para balancear o cardápio de forma saudável. Você deve apostar em carnes brancas, leites e derivados (na versão desnatada, light ou zero) e aumentar a ingestão de verduras, legumes e água.

Retirar totalmente o carboidrato da alimentação por períodos maiores que o indicado pode levar a pessoa à fadiga, irritabilidade e falta de concentração. Além disso, a perda de peso acontece de forma mais rápida e acentuada, fazendo com que parte dessa perda venha da massa magra. Já a eliminação do carboidrato por apenas alguns dias, como é o indicado, não causa prejuízos para a massa magra.

O ideal para que você consiga perder peso e não tenha prejuízos no funcionamento do seu organismo, é consumir os tipos certos de carboidrato e ter cuidado na quantidade também, para não exagerar e acabar saindo da dieta.

O segredo para reduzir o peso e se manter magro de acordo com a sua estatura, é manter uma dieta onde os carboidratos representem entre 40% a 50% do consumo calórico diário.

Ingestão de cada tipo de carboidratos

Os tipos de carboidratos que são indicados e que contém baixo valor calórico são os complexos ou os cereais integrais, que são digeridos pelo organismo de forma mais lenta em comparação aos outros, que são mais pesados. Você pode e deve apostar em alimentos como milho, batata-doce, aveia, cevada, trigo, arroz integral e macarrão integral.

Por outro lado, existe a categoria que deve ser evitada. Os carboidratos simples, também chamados de refinados, elevam de forma fácil e rápida o índice glicêmico.

E quanto mais alta é essa taxa, mais rápida é a queda da glicose no sangue, o que diminui o tempo da sensação de saciedade que o alimento causa ao organismo, fazendo a pessoa sentir fome com mais frequência. Sendo assim, tente evitar o açúcar, o arroz branco e os alimentos que contenham farinha de trigo refinada.

Fica a dica

Os carboidratos são essenciais para os seres vivos, pois servem como fonte de energia e ainda fazem parte da constituição de várias estruturas importantes.

Por isso é preciso ter esses cuidados que você viu aqui e manter sempre uma alimentação balanceada, obtendo todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do corpo.

Outra dica importante é manter a prática regular de atividades físicas, não importa o tipo de dieta que você adote. E, é claro, sempre buscar o acompanhamento de um profissional.

Deixe seu comentário no nosso fórum!

Vivo Nutrição: Dicas semanais para uma alimentação mais saudável

TAGS
emagrecimento
carboidrato
alimentação

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ