Dietas

06/11/2014 02:26 - Atualizado em 10/12/2016 11:49

Dieta para diabéticos: Veja como montar um cardápio

Conte com a orientação de um profissional de nutrição para elaborar sua dieta para diabéticos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quem precisa conviver com o diabetes mellitus, já sabe de cor: o método mais eficaz para manter a doença sob controle envolve alimentação, exercícios físicos e medicação. A combinação adequada entre esses fatores mantém a regularidade dos índices glicêmicos e oferece qualidade de vida ao paciente.

Mas é necessário ter em mente que não se trata de uma dieta para diabéticos com prazo para terminar. A exigência, na verdade, é por uma profunda e definitiva mudança no estilo de vida e hábitos cotidianos. Para o resto da vida, nutrição e atividades físicas precisarão andar de mãos dadas.

dieta-para-diabeticos

Como é a dieta para diabéticos

Em linhas gerais, o padrão alimentar do diabético deve ser rico em vegetais e moderado em gorduras -principalmente saturadas e hidrogenadas -, sal, laticínios e açúcares de absorção rápida, como mel e doces.

Além disso, pessoas com diabetes tipo 1 precisam de orientação individual junto a um nutricionista, que as ajudará a equilibrar a ingestão dos hidratos de carbono com a quantidade de insulina administrada.

A dieta para diabéticos deve priorizar que os amidos (carbonos complexos) se originem de fontes saudáveis, como pães, massas e arroz integrais, batata, grãos (como feijão e ervilhas) e fibras, a exemplo de centeio e aveia.

O pão mais indicado é feito com mix de cereais (com ou sem sementes), de linhaça ou integral. Rico em vitaminas do complexo B, minerais e fibras, contribue para que os níveis de açúcar subam lentamente. Prefira os pães bem assados e com pouco sal.

É importante que as frutas estejam presentes em pelo menos duas refeições diárias da dieta para diabéticos. Nenhuma é proibida, mas algumas oferecem maior quantidade de glicose e por isso é preciso compreender a equivalência nutricional entre elas para otimizar as combinações.

O que evitar na dieta para diabéticos

Cumprir uma dieta para diabéticos significa manter distância de farináceos e açúcares, como bolos, tortas, folhados e sobremesas em geral. Eles oferecem as chamadas “calorias vazias” (sem importância nutricional). Também possuem muitos conservantes artificiais e elevam rapidamente os níveis glicênicos - ou seja, tudo o que você não precisa.

Evite comer sempre os mesmos alimentos: mais saudável é variar, alternando entre diversas opções de um mesmo grupo, a fim de absorver uma gama mais ampla de nutrientes. Cuidado para não extrapolar as calorias.

diabetes

Busque o equilíbrio

Fazer diariamente 6 refeições regulares, sempre com 3 horas de intervalo, é prioritário. Mas lembre-se de ingerir quantidades moderadas a cada vez para que o ritmo digestivo adequado se mantenha.

Além de priorizar fontes mais saudáveis, considere também a porção a ser ingerida. Se você está com dificuldades em reduzir os valores glicêmicos, talvez esteja consumindo mais do que realmente necessita. Preste atenção nas refeições que tem feito e, caso necessário, ajuste ou converse com seu nutricionista.

Sempre que a sua glicemia apresentar valores altos ou sofrer elevações abruptas e em horários inusitados, é importante compreender os motivos. Vale a pena analisar suas ações no período anterior e tentar ajustar algo, para evitar que se torne rotina, colocando em risco o tratamento. Tenha atenção aos seguintes itens:

1. A dieta está sendo mantida sob controle preciso e rigoroso?

2. Ingeri mais farináceos do que é costume?

3. Houve algum problema com a medicação (insulina ou comprimidos)?

4. Tenho realizado com a frequência adequada minha rotina de atividades físicas?

Se mesmo com uma dieta para diabéticos balanceada, além de atividade física regular e medicação correta, a sua glicemia se manter elevada, consulte sua equipe médica. Esse é um sinal de que algo está interferindo no seu equilíbrio orgânico.

O normal é que esse conjunto de medidas seja capaz de controlar as manifestações do diabetes. Caso isso não ocorra, pode haver algum outro agente patológico envolvido no processo e que merece atenção.

Agora que você já sabe mais sobre a doença, que tal viver melhor com alguns cuidados no diabetes? Não esqueça de deixar um comentário e acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
diabetes
controle do diabetes
dieta para diabéticos
cardápio diet

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ