Dietas

24/09/2015 07:08 - Atualizado em 06/12/2016 03:05

Dieta do shake seca a barriga em poucos dias

Proposta agrada pela praticidade na perda de medidas, mas tenha cuidado com exageros.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A rápida popularização da dieta do shake provavelmente se deve à praticidade. Afinal, a ideia de apenas tomar uma bebida rápida no lugar de uma refeição completa acaba se adequando à rotina agitada do dia a dia.

Porém, antes de apostar nesses produtos, é preciso ficar de olho nas consequências que eles podem trazer à saúde. Saiba como perder medidas com segurança e conquiste de uma vez o corpo desejado.

mulher recorrendo à dieta do shake

Como funciona a dieta do shake?

A dieta do shake pode ser bastante eficaz na redução de gordura, mas esse tipo de alimentação deve ser seguido da maneira adequada.

Os shakes, na maioria da vezes, possuem compostos naturais, como fibras, cereais e frutas. Isso colabora para o ganho de massa magra e oferece energia para o dia a dia. Além disso, o consumo dessas bebidas contribui para a melhora do funcionamento intestinal e ajuda a diminuir a retenção de líquidos.

Uma dieta à base de shake colabora para que a pessoa se sinta saciada, um dos grandes desafios de quem quer perder peso. Na maioria das vezes, o fracasso do plano alimentar se dá pelos lanchinhos calóricos e fora de hora dos quais o praticante não consegue abrir mão.

Porém, mesmo que algumas embalagens de shakes prontos afirmem ter todos os nutrientes necessários, as quantidades tendem a não ser suficientes para substituir uma refeição completa. Portanto, esse tipo de dieta não deve ser mantido por muito tempo.

A alternativa é recorrer aos shakes apenas em uma ocasião especial. Alguns dias já são suficientes para alcançar bons resultados. Confira quatro opções de cardápios saudáveis para almoço ou o jantar:

1. Shake feito com 200ml de suco de laranja, ½ banana, 1 fatia de abacaxi, 1 colher de chá de suco de limão e 2 colheres de sopa de linhaça.

2. 1 filé de frango grelhado + Shake feito com 1 cenoura pequena, 1 punhado de espinafre, 1 folha de couve, 1 punhado de salsinha, 1 colher de sopa de linhaça e 200ml de água.

3. Shake preparado com 1 pote de iogurte desnatado, 1 banana, 4 amêndoas e 2 colheres de sopa de linhaça.

4. Shake de 2 colheres de sopa de leite desnatado, 1 maçã pequena, 1 colher de sopa de aveia, 1 sachê de goma guar e 250ml de água.

[[saiba_mais]]

O shake não é milagroso

Ao contrário do que as propagandas podem sugerir, uma dieta do shake só será eficaz se for acompanhada de um estilo de vida saudável. A bebida não deve substituir todas as refeições, pois é necessário se alimentar de forma equilibrada. Aposte em proteínas, carboidratos e gorduras boas para manter o bom funcionamento do organismo.

Além disso, o shake de forma isolada tende a não oferecer os resultados esperados. Quando o organismo fica carente de nutrientes, o cansaço chega mais rápido. A beleza da pele e dos cabelos e até mesmo o humor também ficam comprometidos.

Portanto, para manter uma boa qualidade de vida, é importante adotar uma reeducação alimentar e a prática regular de atividades físicas. Assim, a dieta do shake não será necessária nem em situações emergenciais.

Você já apostou em alguma dieta milagrosa? Conte sua história nos comentários! Sua experiência pode ajudar outros leitores do Vivo Mais Saudável.

TAGS
dieta rápida
dieta de emergência
detox
perder medidas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ