Dietas

19/06/2014 09:00 - Atualizado em 15/11/2016 11:03

Dieta de emergência é para quem quer emagrecer rápido. Conheça

Com a dieta de emergência, você pode enxugar 6kg em uma semana.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Perder peso não é uma tarefa fácil. O ideal é atingir essa meta com uma rotina regular de atividades físicas e alimentação balanceada. Mas, em uma rotina atribulada, com trabalho, estudo e filhos para cuidar, nem sempre se consegue o tempo para equilibrar disciplina de exercícios e ingestão de comidas saudáveis. Nesses casos, uma dieta de emergência pode ajudar a emagrecer rápido - e depois você precisa se reeducar para manter a boa forma.

Por que adotar a dieta de emergência

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

A dieta de emergência, como o nome sugere, não deve ser sua primeira opção. Mas ela pode acabar sendo seu último resquício de esperança depois de tantas tentativas frustradas. Muita gente desiste de seus objetivos no meio do caminho e sede à tentação da preguiça ou da gula. Assim, a ideia é apresentar resultados rápidos para que você se motive a partir das medidas e se conscientize dos benefícios que a perda de peso lhe proporciona.

Com a dieta de emergência, você pode concentrar todos os seus esforços em uma única semana e perder até 6 kg nesse período. Ou seja, você vai poder mentalizar que esse esforço será necessário apenas por uma semana, e não pelo resto da vida, como a gente costuma pensar ao principiar qualquer tipo de disciplina alimentar. Só que você não pode manter a dieta de emergência por período maior do que esse. Então, engula os resultados, coma melhor e vá correr.

Como funciona a dieta de emergência

Ela consiste em uma redução no consumo de calorias diárias para, no máximo, 1000. Basta fazer simples ajustes no seu estilo de vida. Dicas para adotar junto com a dieta de emergência são: não pular as refeições – o seu corpo vai criar uma reserva de energia em vez de queimá-la –, dormir o máximo possível e não ser modesto no consumo de frutas e verduras para saciar a fome.

Veja opções de cardápios para você adotar na dieta de emergência:

Sugestões de cardápios para a dieta de emergência

Café da manhã

Opção A: 1 copo de iogurte desnatado + 1 fatia de bolo de limão.

Opção B: 1 bolacha de água e sal + 300 ml de suco de laranja com adoçante.

Opção C: 1 torrada integral + 1 xíc. (chá) de café com leite sem açúcar.

Lanche da manhã

Opção A: 1 pera + 1 xícara de chá verde.

Opção B: 1 bolacha integral + 1 laranja.

Opção C: 1 fatia de pão light com ricota + 1 xíc. de chá de limão gelado.

Almoço

Opção A: 2 col. (sopa) arroz integral + 1 col. (sopa) de creme de espinafre light + salada de tomate, pimentão, agrião e rúcula temperada no azeite + 1 filé de frango grelhado.

Opção B: 1 omelete preparado com 1 gema + 2 claras, tomate picado, cebola e cebolinha + 1 xíc. (chá) de brócolis e couve-flor + 1 col. (sopa) de purê de batata.

Opção C: 1 prato (sobremesa) de tomate, alface-americana e repolho-roxo + 1 escarola refogada + 2 col. (sopa) de arroz integral + 2 col. (sopa) de ervilha + 1 filé (120 g) de carne magra grelhada.

Lanche da tarde

Opção A: 1 fatia de manga.

Opção B: 1 fatia de abacaxi.

Opção C: 4 morangos. 

Jantar

Opção A: 1 prato de salada verde à vontade + 1 col. (sopa) de arroz integral + 1 concha de feijão + 1 filé de peixe grelhado. 

Opção B: 1 col. (sopa) de arroz integral + 1 concha de feijão + 1 filé de salmão grelhado com molho de limão. 

Opção C: 1 prato de vinagrete + 1 col. (sopa) de arroz integral + 1 omelete com recheio de atum e molho de mostarda light + 1 col. (sopa) de grão-de-bico. 

Ceia

Opção A: 1 pera.

Opção B: 2 castanhas do Pará.

Opção C: 1 maçã.

Você já fez alguma outra dieta, ou alguma parecida com essa e conseguiu perder peso rápido? Compartilhe com a gente a sua experiência e resultados.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ