Dietas

29/07/2014 03:00 - Atualizado em 05/12/2016 03:31

Dieta da proteína branca promete perda rápida de peso

Com a dieta da proteína branca, você pode emagrecer 5kg em 21 dias.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Indispensáveis nas dietas dos aficionados por ganho de massa muscular, as proteínas são fundamentais para a transformação dos alimentos ingeridos em energia, o que facilita a perda de peso. A dieta da proteína branca ganhou destaque no cenário nutricional por eliminar os carboidratos do cardápio, queimando o estoque de gordura corporal e secando a barriga.

dieta da proteína branca
O salmão é um dos principais alimentos na dieta da proteína branca. Foto: Shutterstock

Por que a dieta da proteína branca funciona?

Os carboidratos são guardados no corpo como glicogênio, armazenado em sua maioria na região do abdômen. Quando eles são cortados da dieta, os índices de glicogênio começam a se esgotar, e o corpo gasta mais gordura para tentar conservar o que ainda resta. Desta forma, grande parte da gordura abdominal é eliminada, e as medidas são reduzidas significativamente. 

A insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, é responsável também por causar a fome. Sem os carboidratos, vetados da dieta da proteína branca, os picos de insulina deixam de acontecer, e a fome diminui. Além disso, como essa dieta utiliza apenas carnes brancas, o consumo de gorduras saturadas é reduzido. Você consegue perder até 5kg em 21 dias.

Dieta da proteína brancaDieta da proteína branca usa apenas proteínas e gorduras saudáveis. Arte sobre foto: Shutterstock

Cardápio ideal

É preciso saber que arroz, massas, pães, batatas, doces e refrigerantes não fazem parte da dieta da proteína branca. Todos eles possuem altos índices de sacarídeos, que se transformam em açúcar no sangue. Eles não serão excluídos da sua alimentação para sempre – mas, durante os 21 dias de duração dessa disciplina alimentar, você não deve ingeri-los. 

Em compensação, carne de peixes e aves, leite e seus derivados, como iogurtes desnatados e queijos brancos, e ovos estão liberados. Chás como o de hibisco, que tem função diurética e combate a retenção de líquidos e o acúmulo de gordura, podem auxiliar no processo de emagrecimento. Beba bastante água: ela hidrata o organismo e drena substâncias indesejadas.

dieta da proteína branca
Iogurtes são ótimos para o café da manhã ou o lanche da tarde na dieta. Foto: Shutterstock

Aplicando a dieta da proteína branca ao longo do dia:

Café da manhã: escolha omeletes leves, iogurte desnatado, frutas, ricota e, se lhe agradar, acrescente sementes de chia ou flocos de amaranto.

Almoço: saladas ricas em folhas verdes devem ser acompanhadas de peixes magros, como o salmão, e filés de aves, a exemplo do frango, assados ou grelhados. 

Lanche da tarde: prefira as frutas e o iogurte desnatado, podendo combinar os dois. Saladas de frutas com iogurte são opções deliciosas e nutritivas na dieta da proteína branca.

Jantar: abuse das saladas de folhas verdes, acompanhadas de atum ou filés de carnes brancas. Omeletes de vegetais ou ervas também caem bem nesta refeição. 

Ceia: última refeição do dia. Jante cedo e procure fazê-la de duas a três horas depois. Faça escolhas leves, que não atrapalharão o seu sono. Chás, frutas, uma porção de iogurte, omeletes de claras ou um copo de leite desnatado alimentam sem causar indigestão. Não deixe de cear: esta é uma das refeições estabelecidas pela dieta. 

Siga a dieta da proteína branca sem cair nas tentações

Não é fácil se livrar das proteínas, mesmo que por tempo limitado. Então veja 5 dicas para manter essa disciplina alimentar e atingir seus objetivos:

1 - Criatividade nas receitas

Por ser uma dieta de duração extensa, o risco de atacar alimentos não indicados é elevado. Por isso, procure misturar os componentes de cada refeição, criando receitas diferentes, gostosas, que não quebram as regras. Os ovos, o iogurte e as frutas do café da manhã, quando misturados a farinha de aveia, resultam em uma panqueca saudável e saborosa.

2 - Cuidados no preparo

Os filés de peixe e frango podem ser preparados no forno, cobertos com folhas de manjericão e embrulhados em papel alumínio. O embrulho permite que as carnes assem sem perder a maciez. Para as saladas que os acompanham, invista no aceto balsâmico e azeite de oliva como temperos, e misture frutas, como a manga, com folhas de rúcula, agrião e alface.

3 - Refeições variadas

Mesmo que não sinta muita fome, não passe longos períodos sem comer e não pule as refeições. Você deve manter seu metabolismo em ação.

4 - Garrafa de água

Nem sempre aquele desejo é fome. Carregue sempre uma garrafinha de água para matar a sede rapidinho. Ela será uma grande aliada no combate às tentações durante a dieta.

5 - Metas

Estabeleça objetivos claros e mantenha fora do seu campo de visão os elementos cortados do cardápio. Desta forma, os risco de que você fuja da dieta são reduzidos.

E aí, gostou do texto? Então deixe seu comentário e compartilhe sua experiência no nosso fórum!

TAGS
dieta da proteína
perda de peso
carboidrato

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ